Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    61.283,46
    -696,71 (-1,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6943
    -0,0268 (-0,40%)
     

Como declarar dependentes no Imposto de Renda 2021

Marcela Leite
·1 minuto de leitura
IMPOSTO DE RENDA 201,Declaração IRPF 2019
A inclusão de cada dependente informado gera uma dedução de R$ 2.275,08

Na declaração do Imposto de Renda 2021, o contribuinte pode inserir pessoas que dependeram financeiramente dele em 2020. A inclusão de cada dependente informado gera uma dedução de R$ 2.275,08.

Leia também:

Caso o contribuinte com renda tributável acima de R$ 22.847,76 em 2020 tenha dependentes que receberam o auxílio emergencial, o auxílio terá que ser devolvido.

Veja abaixo quem pode ser declarado como dependente:

  • Cônjuge ou companheiro de união estável por pelo menos cinco anos;

  • Companheiro com quem o contribuinte tenha um filho em comum;

  • Filha, o filho, a enteada ou o enteado de até 21 anos, ou então de de qualquer idade quando incapacitado física ou mentalmente para o trabalho;

  • Pais, avós ou bisavós, desde que não tenham rendimentos, tributáveis ou não, superiores ao limite de isenção mensal tenham recebido rendimentos, tributáveis ou não, de até R$ 22.847,76;

  • Menor pobre, até 21 anos, que o contribuinte crie e eduque e do qual detenha a guarda judicial;

  • Irmão, o neto ou o bisneto que não sejam sustentados pelos pais até 21 anos, desde que o contribuinte detenha a guarda judicial;

  • Pais, os avós ou os bisavós, desde que não aufiram rendimentos, tributáveis ou não, superiores ao limite de isenção mensal;

  • Pessoa absolutamente incapaz, do qual o contribuinte seja tutor ou curador.

Como incluir na declaração

No lado esquerdo da tela do programa do Imposto de Renda 2021, é só clicar no campo “dependentes” e preencher a ficha. Então, basta informar dados como CPF e data de nascimento e clicar em OK. Isso deve ser feito a cada dependente a ser incluído.