Mercado abrirá em 3 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    110.132,53
    +346,23 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.200,59
    -535,89 (-1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,10
    -0,61 (-1,33%)
     
  • OURO

    1.813,60
    +8,10 (+0,45%)
     
  • BTC-USD

    16.659,70
    -1.319,47 (-7,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    324,99
    -45,53 (-12,29%)
     
  • S&P500

    3.629,65
    -5,76 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    29.872,47
    -173,77 (-0,58%)
     
  • FTSE

    6.376,86
    -14,23 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    26.819,45
    +149,70 (+0,56%)
     
  • NIKKEI

    26.537,31
    +240,45 (+0,91%)
     
  • NASDAQ

    12.194,00
    +41,75 (+0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3405
    +0,0028 (+0,04%)
     

Como criar planilhas dinâmicas no Google Docs

André Lourenti Magalhães
·2 minuto de leitura

As planilhas dinâmicas são um recurso muito interessante para quem precisa realizar cálculos ou cruzar dados dentro de uma planilha já existente. Dessa forma, é possível calcular a média de salário de uma equipe, o número total de vendas de um produto, entre outras situações. Através do Google Planilhas, um editor incluso no Google Docs, é possível acessar essa funcionalidade em poucos passos.

O procedimento permite criar uma planilha usando as colunas como fonte para os dados. Entre as funções disponíveis para valores, é possível calcular soma, média, valores mínimo e máximo, entre outras opções. Assim como os arquivos do Google Planilhas, pode ser compartilhada e acessada por várias pessoas ao mesmo tempo. Veja como criar!

Google Docs: como criar planilhas dinâmicas

Passo 1: acesse docs.google.com/spreadsheets e abra uma planilha de sua escolha;

Passo 2: selecione as células que deseja utilizar na planilha dinâmica. É importante que todas as colunas tenham cabeçalho na primeira linha. Em seguida, clique em "Dados";

Selecione os dados (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Selecione os dados (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Passo 3: dentro da aba "Dados", selecione a opção "Tabela dinâmica";

Crie uma tabela dinâmica (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Crie uma tabela dinâmica (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Passo 4: confirme o intervalo de dados e escolha se deseja criar a tabela em uma nova página ou dentro de uma página existente;

Escolha onde incluir a tabela (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Escolha onde incluir a tabela (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Passo 5: em seguida, a tabela será criada, e cabe ao usuário configurá-la. Selecione o campo "Adicionar" para criar linhas e colunas com os dados selecionados;

Adicione linhas e colunas para a tabela (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Adicione linhas e colunas para a tabela (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Passo 6: escolha uma das colunas da planilha selecionada para adicionar à tabela. A plataforma faz a alteração automaticamente;

Use os dados oferecidos para montar a tabela (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Use os dados oferecidos para montar a tabela (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Passo 7: em seguida, no campo "Valores", é possível realizar operações matemáticas com os dados de uma coluna selecionada. A fórmula padrão usada é a de soma ("SUM"), mas pode ser alterada;

Adicione valores (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Adicione valores (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Passo 8: escolha uma fórmula para utilizar no campo "Valores", como média ("AVERAGE") ou valor máximo ("MAX"). A conta será feita diretamente na tabela.

Use diferentes fórmulas (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Use diferentes fórmulas (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Em qual situação você utiliza tabelas dinâmicas? Comente!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: