Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    50.711,89
    +3.203,76 (+6,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Como consultar dívidas no seu CPF com o Registrato do Banco Central

Guadalupe Carniel
·3 minuto de leitura

O Registrato é pouco conhecido pelos consumidores, mas bem útil. O documento gerado gratuitamente pelo Banco Central permite ao usuário consultar o histórico de contas ativas e inativas, dívidas, financiamentos e empréstimos relacionados ao CPF ou CNPJ.

O Registrato pode ser consultado pelo computador, porém para usar o sistema, é necessário possuir conta no Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica, Itaú, Santander, Sicoob ou Sicredi para ativá-lo e depois poder realizar a consulta. Confira como entrar no Registrato e consultar contas e dívidas no seu CPF ou CNPJ.

Como ativar o Registrato

Antes de qualquer coisa, é preciso se cadastrar na ferramenta para ativá-la. Para isso, o usuário pode optar por fazer pelo aplicativo do banco, internet banking ou certificado digital. No caso do internet banking é enviada uma frase de segurança para registro no banco que o usuário utiliza; em outras formas de credenciamento, há a possibilidade de envio de carta ou pessoalmente, mas ambas formas estão suspensas por conta da pandemia de Covid-19. O usuário também pode se cadastrar pelo aplicativo do banco, seguindo os passos abaixo de acordo com a sua instituição financeira:

  • Banco do Brasil: “Menu” > “Serviços” > “Registrato”;

  • Bradesco: “Registrato”;

  • Caixa Econômica: “Senhas e Configurações” > “Registrato Banco Central”;

  • Itaú: “Serviços” > “Registrato Banco Central”;

  • Santander: “Menu” > “Santander On” > “Meu Momento” > “BACEN Auto Credenciamento Registrato”;

  • Sicoob: “Serviços” > “Registrato Banco Central”;

  • Sicredi: “Sicredi X” > “Registrato”;

Passo 1: ao terminar o processo será gerada uma senha; anote-a e vá para o site do Banco Central (no caso, o aplicativo abriu diretamente a página);

Salve a senha (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Salve a senha (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 2: informe os dados no site do BANCE e clique em “Concluir o cadastramento”;

Conclua o seu credenciamento (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Conclua o seu credenciamento (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 3: o seu registro no Registrato estará pronto; agora, é só clicar em “Acessar Registrato”;

Acesse o Registrato para consultar seu CPF e CNPJ (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Acesse o Registrato para consultar seu CPF e CNPJ (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Como fazer consulta de dívidas no CPF e CNPJ

Passo 1: abra o site do Banco Central e insira seus dados e clique em “Entrar”;

Entre no site do Banco Central (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Entre no site do Banco Central (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 2: abrirá a tela de “Solicitação de Relatórios”, onde é possível consultar suas chaves PIX, endividamentos, relacionamentos financeiros e operações de câmbio; em “Meus endividamentos”, clique em consultar;

Como gerar o relatório de dívidas no CPF e CNPJ (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Como gerar o relatório de dívidas no CPF e CNPJ (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 3: coloque o período que deseja consultar e o tipo de relatório, se resumido ou detalhado e concordar com os termos, depois, clique em “Gerar relatório”;

Clique em gerar relatório (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Clique em gerar relatório (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 4: o relatório sai no mesmo momento, porém é gerado apenas relativo a um período inferior a cinco anos. Ele pode ser visto no site e salvo em PDF ou enviado para o seu e-mail cadastrado, bastando clicar nos botões na parte superior do relatório, sendo o primeiro para baixar o arquivo e o segundo para enviar.

O relatório pode ser salvo ou enviado por e-mail (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
O relatório pode ser salvo ou enviado por e-mail (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Como consultar contas bancárias ativas e encerradas no CPF e CNPJ

Passo 1: para verificar quais contas bancárias foram abertas e encerradas no seu CPF e CPNJ é bem simples; acesse o site e faça o login;

Acesse o site do Banco Central (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Acesse o site do Banco Central (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 2: em “Relatórios” vá até “Meus relacionamentos financeiros” e clique em “Consultar”;

Em meus relacionamentos financeiros é possível consultar suas contas bancárias (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Em meus relacionamentos financeiros é possível consultar suas contas bancárias (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 3: aceite os termos de uso e clique em “Gerar Relatório”.

Clique em gerar relatório (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)
Clique em gerar relatório (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Assim como os demais relatórios, é possível baixá-lo ou enviá-lo para seu e-mail cadastrado.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: