Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,50 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.683,55
    -126,66 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    51,98
    -1,15 (-2,16%)
     
  • OURO

    1.855,50
    -10,40 (-0,56%)
     
  • BTC-USD

    31.964,61
    +170,28 (+0,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    651,44
    +41,45 (+6,79%)
     
  • S&P500

    3.841,47
    -11,60 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    30.996,98
    -179,03 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.695,07
    -20,35 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.447,85
    -479,91 (-1,60%)
     
  • NIKKEI

    28.631,45
    -125,41 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.355,25
    -40,25 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6542
    +0,1458 (+2,24%)
     

Como configurar seu celular Android novo

Felipe Freitas
·6 minuto de leitura

Comprou um celular novo em folha e não vê a hora de começar a usá-lo? Fazer a configuração inicial de seu smartphone Android é uma das etapas mais importantes para deixá-lo apto para uso.

Ao ligar seu dispositivo, essas configurações serão seu primeiro contato com a ativação e personalização dos recursos de seu celular. Em nossa matéria, saiba como configurar seu celular Android novo.

Como configurar seu celular Android novo

1. Configuração inicial e primeiros passos

Ao ligar seu aparelho, você será recebido por uma tela de boas-vindas, na qual será solicitado que você escolha um idioma. Para isso, você verá uma lista com diferentes idiomas, toque no idioma escolhido para mantê-lo como padrão.

2. Inserir e configurar cartão SIM

Em seguida, será necessário configurar seu chip (Cartão SIM). A forma de inserir um cartão SIM em seu novo smartphone pode variar de acordo com o modelo. Em alguns modelos mais recentes, o SIM é inserido em uma bandeja localizada na lateral do aparelho. Para abri-la, é necessário utilizar uma espécie de pequena chave, normalmente de metal, e incluída na caixa do aparelho.

No manual de instruções, é possível encontrar uma pequena instrução de como realizar o processo. Já para os modelos mais antigos, é mais comum que se abra a parte traseira do smartphone e encontre a área dedicada ao cartão SIM, também indicada no manual.

Configure seus chips de celular - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)
Configure seus chips de celular - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)

Caso seja necessário inserir o PIN do cartão SIM, lembre-se: esse código se encontra na embalagem do cartão e, é importante não confundir este código com seu PIN de bloqueio da tela. Falaremos mais sobre ele logo abaixo.

Você também pode importar alguns dados diretamente do cartão SIM, como contatos e histórico de chamadas, caso já tiver utilizado ele em outro dispositivo. Pronto, a inserção e configuração do SIM já estão completas!

3. Configurar rede Wi-Fi

Durante a configuração inicial, também será possível conectar seu smartphone a uma rede Wi-Fi. Você poderá visualizar uma lista com as redes dentro do alcance de seu dispositivo. Então ao selecionar a rede desejada, basta digitar a senha se necessário, feito isso, toque em “Conectar”.

Você pode configurar as redes Wi-Fi no alcance de seu smartphone - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)
Você pode configurar as redes Wi-Fi no alcance de seu smartphone - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)

4. Proteja seu celular

Manter seu smartphone protegido é algo essencial, pois evita que pessoas indesejadas tenham acesso a seus dados. Para isso, o sistema Android oferece algumas opções de bloqueio de tela, como códigos e biometria.

Você pode usar até três formas de bloqueio ao mesmo tempo: um código, biometria e reconhecimento facial. Alguns recursos podem não estar disponíveis, a depender do modelo do dispositivo.

Os códigos podem ser em três formatos: padrão, PIN e senha. O padrão é uma espécie de desenho, configurado a partir da ligação entre nove pontos na tela, e é considerada a forma de desbloqueio menos segura.

Escolha as formas de bloquear a tela de seu smartphone - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)
Escolha as formas de bloquear a tela de seu smartphone - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)

O PIN é um código numérico definido pelo usuário, e normalmente possui no mínimo quatro dígitos. Já a forma mais segura de bloquear seu dispositivo é com uma senha, que pode conter todos os caracteres disponíveis no seu teclado.

Em simultâneo, você também pode cadastrar suas impressões digitais (caso seu smartphone possua um sensor compatível com essa função), ou o reconhecimento facial. Basta acessar as configurações, e depois a seção de “Biometria e segurança” (Android 10). Com esses recursos, é possível manter sua segurança ao usar o dispositivo, mantendo seus dados protegidos!

5. Cartão microSD

Caso você possua um cartão microSD, você também poderá configurá-lo em seu dispositivo assim como o cartão SIM. Usar um cartão microSD, disponibiliza espaço de armazenamento adicional para seu smartphone, expansível até mesmo para 128 GB.

Utilize seu cartão microSD para obter espaço adicional de armazenamento - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)
Utilize seu cartão microSD para obter espaço adicional de armazenamento - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)

Além disso, você poderá instalar aplicativos diretamente em seu cartão microSD, o que pode ser uma ótima solução para economizar a memória de armazenamento interno de seu novo dispositivo.

6. Configure sua conta Google

O sistema Android é desenvolvido pela Google, portanto, é essencial criar uma conta Google ao comprar um novo dispositivo com esse sistema operacional. A conta Google permite que você sincronize seus dados com outros dispositivos, realize um backup, baixe aplicativos, dentre outras funções.

Assim que iniciar o dispositivo, você verá uma tela perguntando se já possui uma conta ou deseja criar uma nova. Caso já possua, será possível recuperar um backup já existente de outro dispositivo, além de sincronizar todos os seus dados disponíveis na conta, incluindo aplicativos.

Faça login ou crie uma conta Google para configurar seu celular Android - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)
Faça login ou crie uma conta Google para configurar seu celular Android - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)

Ao criar uma conta nova, será criado também um e-mail de domínio @gmail, que será utilizado para acessar sua conta em outros dispositivos, como notebooks ou outros smartphones.

7. Migração de dados e backup de aplicativos

Existe também uma configuração padrão da Google para celulares do sistema Android, a qual permite a seus usuários migrarem dados entre dispositivos próximos, ou seja, caso você esteja trocando de celular e esteja com seus dados armazenados em seu dispositivo antigo, é possível transferi-los através de suas configurações de conta Google.

Toque em "Conexões do dispositivo" em suas configurações da Google - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)
Toque em "Conexões do dispositivo" em suas configurações da Google - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)

Essa função é conhecida como “Compartilhar por proximidade”, ao ativá-la você poderá compartilhar arquivos entre dispositivos enquanto sua tela estiver ativada.

Então você poderá migrar e transferir dados com facilidade - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)
Então você poderá migrar e transferir dados com facilidade - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)

8. Notificações e personalização 

Alguns usuários se sentem desconfortáveis com a quantidade de notificações que chegam em seu smartphone. O sistema Android oferece algumas opções pensadas justamente para evitar isso, como o modo “Não perturbar” e a desativação de notificações de aplicativos específicos.

Para isso, basta acessar as configurações e então clicar na seção de “Notificações”. Aqui, é possível configurar também a forma como elas aparecem na barra de notificações, como “Sugerir ações e respostas” ou “Exibir a opção de adiar”. Um pouco mais abaixo, você encontra uma lista de aplicativos, e pode ativar ou desativar as notificações para cada um deles.

Aqui você poderá configurar as notificações recebidas - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)
Aqui você poderá configurar as notificações recebidas - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)

Para exibir as notificações na tela de bloqueio, basta entrar na aba “Tela de bloqueio” das configurações. Nesta tela, encontramos também opções de personalização, como papel de parede (que pode ser uma ou mais fotos, além de outras opções nativas do Android), estilo de relógio e até mesmo configurar atalhos para aplicativos substituindo o desbloqueio rápido através de câmera e telefone.

Também é possível personalizar a tela de bloqueio do seu celular - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)
Também é possível personalizar a tela de bloqueio do seu celular - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas)

Pronto! Agora você sabe como configurar seu celular Android corretamente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: