Mercado abrirá em 2 h 2 min
  • BOVESPA

    115.882,30
    -581,70 (-0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.262,01
    -791,59 (-1,76%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,40
    -0,45 (-0,85%)
     
  • OURO

    1.842,00
    -6,90 (-0,37%)
     
  • BTC-USD

    31.465,86
    +179,20 (+0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    633,64
    +5,97 (+0,95%)
     
  • S&P500

    3.750,77
    -98,85 (-2,57%)
     
  • DOW JONES

    30.303,17
    -633,83 (-2,05%)
     
  • FTSE

    6.461,67
    -105,70 (-1,61%)
     
  • HANG SENG

    28.550,77
    -746,76 (-2,55%)
     
  • NIKKEI

    28.197,42
    -437,79 (-1,53%)
     
  • NASDAQ

    12.953,50
    -152,00 (-1,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5480
    -0,0057 (-0,09%)
     

Como configurar o seu PlayStation 4 novo

André Lourenti Magalhães
·6 minuto de leitura

Com a chegada do PlayStation 5 em 2020, o PlayStation 4 pode estar perto do fim de seu ciclo de vida. De qualquer forma, o console da Sony possui um vasto catálogo com grandes títulos e, diante do preço do seu sucessor, ainda é uma opção muito válida para quem procura um videogame.

Pensando nisso, mostramos abaixo o caminho certo para configurar o seu PlayStation 4 novo, de forma a aproveitar desde o início tudo o que ele traz de melhor.

Slim ou Pro?

Diferença entre os modelos Slim e Pro (Imagem: Divulgação/Sony)
Diferença entre os modelos Slim e Pro (Imagem: Divulgação/Sony)

A primeira coisa a ser feita é identificar qual é o modelo do seu PlayStation 4. Originalmente lançado no Brasil em novembro de 2013, o console hoje conta com duas versões nas lojas: Slim e Pro. A primeira opção possui corpo e design mais enxutos e uma configuração mais próxima ao primeiro modelo, com processador AMD Jaguar de oito núcleos e clock de 1,4 GHz, além de uma unidade de processamento de vídeo Radeon de 1,84 teraflops. O Slim não consegue reproduzir jogos em resolução 4K e traz o menor espaço em disco, com modelos a partir de 500 GB.

Já o PlayStation 4 Pro é a versão mais avançada já criada pela Sony, com capacidade de reproduzir jogos em 4K (embora você também precise de uma TV com a mesma capacidade), um processador mais potente – o mesmo Jaguar do modelo anterior, porém com clock de 2,1 GHz – e processamento de vídeo de 4,2 teraflops.O espaço em disco também é maior: a partir de 1 TB e indo até 2 TB.

Isso tudo para diferenciar o hardware e a resolução dos jogos na TV. Ao abrir a caixa, você encontrará essencialmente os mesmos itens: o console em si, um controle DualShock 4, um cabo HDMI, um cabo microUSB para carregar o joystick e um cabo de força. Algumas embalagens podem conter vouchers para jogos ou assinatura da PlayStation Network (mais sobre isso logo abaixo), mas podem variar pois são itens promocionais. Falando em software, o funcionamento dos dois é o mesmo.

Abri a caixa, tirei tudo e instalei os cabos: e agora?

Conecte seu console à internet (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Conecte seu console à internet (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Agora, no console, crie um perfil de usuário. Em seguida, deve conectar o PlayStation 4 à internet. É importante cuidar disso logo no começo, pois algumas funções do console são limitadas sem uma conexão.

Para tanto, você pode escolher um entre dois caminhos: o mais comum é a conexão Wi-Fi, então vamos começar por ela. Assim que você ligar o aparelho, aperte o indicador para cima no direcional do DualShock 4 para acessar as opções. Em seguida, vá para a direita até a opção “Configurações” e selecione-a. Depois, navegue até a opção “Rede” e, finalmente, “Configurar conexão à internet”.

A partir daqui, você poderá selecionar entre conexão Wi-Fi ou via cabo de rede. Ao escolher a opção para internet sem fio (Wi-Fi), o console vai procurar pelo nome (SSID) da sua conexão. Uma vez encontrado, selecione-o e digite a sua senha. O sistema fará a autenticação para, depois, você escolher a opção “Testar conexão à internet”. O próprio PlayStation 4 cuidará de testar a qualidade e disponibilizar informações de velocidade de download e upload. Vá apenas selecionando “OK” no que vier pela frente e pronto — você está pronto para aproveitar os recursos online.

Vale lembrar: se você conseguir colocar o console de forma que fique próximo a uma entrada de rede, poderá optar pela conexão cabeada (usando o cabo de rede que vem na caixa do console). Ela tende a ser mais estável e veloz, mas requer um fio conectando o console ao modem/roteador. Para esse caso, o processo via sistema é ainda mais simplificado: conecte o cabo, faça o mesmo caminho até o menu “Configurar conexão de rede” e escolha a opção “Usar cabo de rede (LAN)”. Tudo a partir daqui seguirá automaticamente.

Conectado! Já posso jogar?

Verifique se o software do sistema precisa de atualizações (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Verifique se o software do sistema precisa de atualizações (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Ainda não. A importância da conexão à rede possui um motivo técnico: agora, é bom você rodar uma checagem de atualização no sistema do PlayStation 4, a fim de confirmar se o firmware está atualizado para a última versão. A intenção da Sony é de que o console já esteja atualizado desde o princípio, mas controlar isso é bem complicado: se uma atualização for lançada após o seu console ter saído da fábrica, então ele já fica defasado. Mas se acalme: resolver isso é mais fácil do que conectar o console à internet.

A forma mais fácil de realizar esse procedimento é através do próprio PlayStation 4. Retorne ao menu de configurações e busque a opção “Atualização de Software do Sistema”. O PS4 buscará por possíveis arquivos de atualização mais recentes.

A outra opção é uma que muita gente já deve ter usado sem nem perceber: a atualização via disco. Também é a mais simples de ser explicada: os jogos mais recentes contam com patches de segurança e atualização criados a partir das versões mais recentes da firmware do PlayStation 4. Se você tem um console com sistema defasado e tenta rodar nele um jogo novo, o próprio jogo tentará “ler” a versão do seu sistema, pedindo que você a atualize antes de começar uma partida. É uma questão de inserir o disco no drive de leitura e deixar tudo ocorrer automaticamente.

E agora, já posso jogar?

Crie sua conta na PlayStation Network (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Crie sua conta na PlayStation Network (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Pode. Uma vez atualizado, o PlayStation 4 já se encontra pronto para uso. Entretanto, você provavelmente vai desejar que partidas multijogador, entre outros recursos, estejam disponíveis desde já, certo? Neste caso, é melhor criar uma conta na PlayStation Network.

A PlayStation Network é o hub de vendas digitais da Sony para os consoles. Nela, você encontra jogos, demos, conteúdos extras, DLCs, filmes, serviços de streaming e assinatura digital, além de assinar a PlayStation Plus e, por meio dela, assegurar acesso a promoções exclusivas e até jogos gratuitos.

A boa notícia é que a criação de uma conta funciona paralelamente à conexão do console com a internet ou a atualização de seu software: assim que ligar o PlayStation 4, você deverá criar um perfil. Nessa tela, o sistema lhe perguntará se você já tem uma conta na PSN — de repente, você já mantinha isso no PlayStation 3. Em caso positivo, você pode usar as mesmas credenciais de acesso — e-mail e senha.

Não é obrigatório ter a assinatura da PlayStation Plus, mas o serviço é necessário caso você queira jogar online. Apenas títulos gratuitos podem ser jogados em modo multijogador sem a assinatura do serviço. Além disso, a PlayStation Plus traz outros benefícios, como descontos exclusivos da PS Store e dois jogos gratuitos por mês.

Ufa! Já conectei, atualizei, minha conta já criei: agora posso jogar?

Aguarde a instalação dos games (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Aguarde a instalação dos games (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Há um detalhe: os jogos precisam ser instalados no console, mesmo com mídias físicas. Portanto, talvez ainda seja necessário aguardar mais um pouco pela instalação completa do seu game favorito.

Depois disso, tudo certo. Aproveite bastante, jogue muito e baixe tudo o que puder para incrementar a sua experiência!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: