Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.434,57
    +383,10 (+1,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Como a China tenta apoiar a economia atingida por surto de Covid

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Bloomberg) -- As promessas de mais apoio econômico da China aumentam à medida que a piora do surto de Covid e os esforços para conter infecções ameaçam derrubar as cadeias de suprimentos globais e tornar a meta de crescimento do governo inatingível.

Veja algumas das medidas:

Bolhas

Como alguns grandes centros de manufatura foram fechados em toda a China para conter o vírus, muitas empresas recorreram aos chamados sistemas de circuito fechado, ou bolhas, para manter a produção funcionando, um plano endossado por funcionários do governo que estabeleceram regras sobre como retomar o trabalho com risco mínimo de propagação do Covid.

Essas bolhas permitem que as empresas operem ao deixar que funcionários vivam e trabalhem no local. Os trabalhadores são regularmente testados e sujeitos a rigorosas regras de higiene destinadas a manter o Covid fora das fábricas.

O Governo tem incentivado as empresas a fazerem planos para o gerenciamento do ciclo fechado, principalmente em Xangai, onde os lockdowns se estendem por semanas e prejudicam a produção.

Postos de controle

O Ministério dos Transportes da China tentou resolver problemas logísticos ordenando que nenhum posto de controle seja colocado nas faixas rápidas das rodovias.

O ministério também pediu um relaxamento das restrições de mobilidade para trabalhadores de transporte em postos de controle em outros locais ao longo das estradas.

Possíveis isenções

As principais autoridades chinesas também prometeram medidas mais fortes para estabilizar as cadeias de suprimentos, incluindo ajuda extra para empresas qualificadas para garantir que possam permanecer abertas em meio aos controles de Covid.

O governo estabelecerá “listas brancas” de empresas em setores como automóveis, semicondutores, eletrônicos, alimentos, medicamentos e comércio exterior.

Quarentena reduzida

A China começou a testar requisitos de quarentena mais flexíveis em algumas cidades, incluindo Xangai e Guangzhou.

Oito cidades na semana passada reduziram o período de quarentena para viajantes estrangeiros e aqueles que tiveram contato próximo com indivíduos infectados de 14 dias para 10 dias, como parte de um teste de um mês, segundo pessoas familiarizadas com o assunto.

Banco Central

O Banco Popular da China lançou vários anúncios nas últimas semanas, embora suas ações até agora tenham indicado contenção.

A autoridade monetária detalhou 23 medidas e outras promessas em grande parte focadas em aumentar os empréstimos e fornecer apoio financeiro a indústrias que sofrem com restrições relacionadas ao vírus. A Lista incluiu diretrizes para bancos concederem mais empréstimos, juntamente com referências ao programa de empréstimo do banco central. Esse programa, que fornece fundos para os credores emprestarem a setores necessitados, deve gerar 1 trilhão de yuans (US$ 157 bilhões) em empréstimos bancários adicionais.

Mercado Imobiliário

Juntamente com a diretriz do Banco Popular da China para que bancos intensifiquem os empréstimos, mais cidades relaxaram as regras de compra de casas e hipotecas desde que os formuladores de políticas prometeram em meados de março evitar um “colapso desordenado” no mercado imobiliário.

Bancos em mais de 100 cidades reduziram as taxas de financiamento imobiliário em 0,2 a 0,6 ponto percentual desde março, disse o chefe do departamento de mercado financeiro do banco central.

Os maiores bancos da China também estão permitindo residentes em Xangai atrasar os pagamentos da hipoteca enquanto o surto da cidade continua.

Incentivos de Serviços

O governo da China disse em fevereiro que vai reembolsar até 90% dos prêmios de seguro-desemprego a pequenas empresas de serviços que não demitirem funcionários ou minimizarem demissões.

Há também uma redução temporária das taxas de seguro-desemprego e seguro de acidentes de trabalho que será estendida. As províncias com saldos relativamente grandes nesses fundos de seguro podem atrasar a cobrança de pagamentos de prêmios de empresas de catering, varejo e turismo.

Alívio Fiscal

A China prometeu em várias ocasiões recentes reduzir a carga tributária sobre seus contribuintes, outra medida de alívio econômico.

Pequim anunciou em março 2,5 trilhões de yuans em corte de impostos, mais que o dobro do corte em 2021. O banco central também irá repassar mais de 1 trilhão de yuans ao Ministério das Finanças para ajudar a pagar descontos de impostos e outras despesas governamentais.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos