Mercado fechará em 4 h 12 min
  • BOVESPA

    110.991,17
    +1.273,23 (+1,16%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.642,54
    +181,99 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    92,36
    -1,98 (-2,10%)
     
  • OURO

    1.813,40
    +6,20 (+0,34%)
     
  • BTC-USD

    23.961,07
    -462,94 (-1,90%)
     
  • CMC Crypto 200

    569,68
    -1,60 (-0,28%)
     
  • S&P500

    4.244,52
    +37,25 (+0,89%)
     
  • DOW JONES

    33.545,05
    +208,38 (+0,63%)
     
  • FTSE

    7.502,09
    +36,18 (+0,48%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.482,00
    +170,75 (+1,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2168
    -0,1069 (-2,01%)
     

Comissão do Senado aprova isenção de IPVA para motos até 150 cilindradas

·2 min de leitura
(Photo by Nikolas Kokovlis/NurPhoto via Getty Images)
(Photo by Nikolas Kokovlis/NurPhoto via Getty Images)
  • Projeto agora segue para o Plenário

  • Preço de motos podem abaixar até R$ 400

  • Tipo de veículo é bastante utilizado pelas classes C, D e E como meio de transporte ou trabalho

Nesta terça-feira (16), a Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou o projeto de lei PRS 3/2019, que reduz para zero a alíquota do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) para motocicletas de até 150 cilindradas.

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR), autor da proposta, afirmou que a lei beneficiará principalmente as classes C, D e E, que são as maiores compradoras desse tipo de automóvel.

Segundo o senador, o preço final das motos de baixa cilindrada pode reduzir em até R$ 400. A proposta segue agora para o Plenário para debate geral.

O senador Mecias de Jesus (Republicados-RR), relator da Comissão, afirmou em seu voto: "No Brasil, em especial no cenário municipal, sabemos que há grande dificuldade de locomoção em áreas rurais e com dificuldades econômicas. Nessas regiões a motocicleta é veículo de fundamental importância para a locomoção da população e para a movimentação da economia."

Leia também:

O IPVA

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) foi criado em 1985 para substituir a Taxa Rodoviária Única (TRU).

Por ser um imposto estadual, suas regras e alíquotas são diferentes em cada Estado da União, assim como no Distrito Federal. Em alguns casos há até incentivos para determinado combustível, como o GNV.

Do valor arrecadado, 20% vai para o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), que provém quase metade dos recursos utilizados pelas redes públicas de ensino.

Dos 80% restante, metade vai para o estado e a outra metade para o município, sendo direcionadas para obrigações destas esferas como saúde, educação, segurança pública e infraestrutura.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos