Mercado fechará em 3 h 37 min
  • BOVESPA

    110.566,69
    +1.722,95 (+1,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.567,77
    +10,12 (+0,02%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,53
    +0,24 (+0,34%)
     
  • OURO

    1.777,10
    +13,30 (+0,75%)
     
  • BTC-USD

    42.866,34
    -913,36 (-2,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.071,40
    +7,55 (+0,71%)
     
  • S&P500

    4.381,59
    +23,86 (+0,55%)
     
  • DOW JONES

    34.190,05
    +219,58 (+0,65%)
     
  • FTSE

    6.980,98
    +77,07 (+1,12%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.111,00
    +101,50 (+0,68%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1909
    -0,0538 (-0,86%)
     

Comissão Europeia realiza primeiras transferências do plano de Recuperação Econômica

·2 minuto de leitura
(Arquivo) Bandeira da União Europeia em Viena em 15 de outubro de 2012

A Comissão Europeia anunciou, nesta terça-feira (3), as primeiras transferências do plano de Recuperação Econômica, que tiveram como destino Bélgica, Luxemburgo e Portugal, por quase 3 bilhões de euros (mais de 3,55 bilhões de dólares).

Esses três países são os primeiros a receber um adiantamento de 13% das quantias prometidas no plano de recuperação da UE, de 800 bilhões de euros, para superar as consequências econômicas da pandemia de covid-19.

"A Comissão Europeia desembolsou 770 milhões de euros para a Bélgica, 12,1 milhões para Luxemburgo e 2,2 bilhões para Portugal em forma de pré-financiamento", declarou o Executivo europeu em um comunicado.

"Temos a intenção de continuar os pagamentos de pré-financiamento a outros Estados-membros ao longo do mês de agosto, assim que os países-membros concluírem os procedimentos nacionais pertinentes que lhes permitam finalizar os acordos de financiamento e de empréstimo", disse uma porta-voz da Comissão, Arianna Podestá, em coletiva de imprensa.

"Para alguns Estados-membros é questão de dias, para outros pode levar mais tempo", acrescentou, sem mais detalhes.

Esses pré-financiamentos "contribuirão para aplicar as medidas essenciais de investimento e reforma descritas nos planos nacionais de recuperação e resiliência", diz a Comissão, que "permitirá novos desembolsos com base na aplicação dos investimentos e as reformas propostas nos planos de recuperação e resiliência dos países".

Todos os países, exceto Holanda e Bulgária, apresentaram seus planos nacionais de recuperação à UE para sua aprovação.

Um total de 16 países (Áustria, Bélgica, Dinamarca, França, Alemanha, Grécia, Itália, Letônia, Luxemburgo, Portugal, Eslováquia, Espanha, Croácia, Chipre, Lituânia e Eslovênia) obtiveram a aprovação definitiva da UE para os primeiros pagamentos.

A Comissão ainda está avaliando os planos de sete países.

Esta análise teve que ser prolongada para a Hungria e Polônia, em um contexto de preocupações relacionadas ao Estado de Direito.

alm/clp/mab/mb/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos