Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.005,22
    +758,07 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.289,91
    +895,88 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,85
    -0,36 (-0,32%)
     
  • OURO

    1.840,40
    -0,80 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    30.254,85
    +1.321,48 (+4,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    673,06
    +20,83 (+3,19%)
     
  • S&P500

    3.900,79
    -22,89 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    31.253,13
    -236,94 (-0,75%)
     
  • FTSE

    7.302,74
    -135,35 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    20.120,68
    -523,60 (-2,54%)
     
  • NIKKEI

    26.469,20
    +66,36 (+0,25%)
     
  • NASDAQ

    11.968,25
    +90,00 (+0,76%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1728
    -0,0460 (-0,88%)
     

Comida por assinatura: startup faz kits para crianças por até R$ 300

Funny baby eating healthy food on kitchen
Startup pretende faturar R$ 1 milhão até o final do ano

(Getty Images)

  • Empresa oferece planos de comida por assinatura para crianças de até seis anos de idade;

  • Jornada Mima conta com duas opções, uma de R$ 182 e outra de R$ 299;

  • Entregas são feitas de forma semanal, quinzenal ou mensal.

Mamães e papais podem dar adeus às papinhas industrializadas na hora de alimentarem seus bebês. Pensando em oferecer refeições nutritivas e simplificar a rotina de quem tem criança em casa, a startup brasileira Jornada Mima criou planos de comida por assinatura focados nos pequenos com até seis anos de idade.

Criada pelas empreendedoras Paula Cunha e Luciana Melhorim, a empresa oferece dois tipos de kits: com 8 refeições, por R$ 182, e com 14 refeições, por R$ 299. As entregas são feitas de forma semanal, quinzenal ou mensal, a depender da necessidade da família.

“Após diversas análises, vimos que existia uma lacuna quando o assunto é alimentação prática, variada e saudável na primeira infância. É um mercado desassistido”, frisa Luciana, uma das fundadoras, em entrevista ao portal O Globo. Luciana ainda comenta que o mercado é composto por mães e pais digitais, acostumados a usar aplicativos para acompanhar a gravidez e o desenvolvimento do bebê.

Com investimento inicial de R$ 300 mil, a startup pretende faturar R$ 1 milhão e chegar a São Paulo até o final deste ano. Já para 2023, a expectativa é alcançar outras regiões do país.

Como funciona

Depois de escolher um dos planos oferecidos, o interessado conversa com uma nutricionista para explicar a rotina alimentar da criança e dizer se possui alguma alergia ou restrição alimentar. A partir de então, receberá os kits em casa junto com mapa de evolução alimentar e um brinde surpresa, além de contar com a assessoria de nutricionistas prontas para tirar dúvidas.

O cardápio é rotativo e inclui novas opções a cada semana. No plano disponibilizado no site, a Jornada Mima mostra o que compõe cada refeição: uma proteína, dois vegetais, dois carboidratos e uma leguminosa.

Para exemplificar, em uma delas vem: frango desfiado com cheiro verde, quibe de abóbora, espinafre refogado, batata doce cozida, arroz cateto e feijão preto. Todos os kits são preparados com alimentos orgânicos, sem conservantes ou aditivos.

Para saber mais, basta acessar o site da startup.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos