Mercado abrirá em 1 h 33 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,04
    +0,93 (+1,06%)
     
  • OURO

    1.784,20
    +7,50 (+0,42%)
     
  • BTC-USD

    23.494,33
    -313,44 (-1,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    558,64
    -14,17 (-2,47%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.514,06
    -1,69 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.508,50
    +15,25 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2582
    -0,0010 (-0,02%)
     

Comida cara impulsiona marmita entre trabalhadores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Mais de 20% dos trabalhadores entrevistados em uma pesquisa da Sodexo dizem que começaram a levar marmita para o trabalho após o avanço da inflação.

Do total, 65% afirmam que têm o costume de levar quentinhas para o serviço, enquanto 17% comem em restaurantes com prato feito e 15% que compram refeição por quilo.

Mais de 40% deixaram de frequentar restaurantes nos finais de semana por não terem condições financeiras.

Em junho, a inflação no país cresceu 0,67% e chegou a 11,89% no acumulado de 12 meses. A alta foi influenciada pelo preço dos alimentos para consumo fora do domicílio, que subiu 1,26%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos