Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.336,79
    -220,67 (-0,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Cometa é fotografado em "dose tripla" enquanto se aproxima da Terra

Conforme viaja pelo espaço e se aproxima da Terra, o cometa C/2022 E3 (ZTF) vem rendendo fotos incríveis para quem consegue observá-lo. Entre alguns registros recentes, estão aqueles capturados por Soumyadeep Mukherjee, na Índia, que fotografou o cometa entre os dias 27 e 29 de dezembro.

Chamada “Três Dias na Vida de um Cometa”, um nome bastante apropriado, a foto traz a combinação dos três registros capturados por Mukherjee. Ele trabalhou com um telescópio e uma câmera equipada com diferentes filtros, que tirou três fotos com 240 segundos de exposição.

Após combinar as imagens e processá-las, ele chegou ao resultado abaixo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ele explica que é um astrônomo amador de Koltaka, na Índia, e que já fotografa objetos no céu noturno há dois anos. Em suas fotos, Mukherjee registrou o cometa durante três dias enquanto segue para sua primeira aproximação máxima da Terra em 50 mil anos — na última vez em que o cometa nos visitou, nossos ancetrais começavam a se organizar em assentamentos habitacionais!

O astrofotógrafo tirou as fotos no Observatório de Astronomia IC, na Espanha, localizado em uma região considerada uma das com maior número de noites claras na Europa continental. O observatório faz parte da rede Telescope Live, composta por telescópios profissionais que podem ser reservados para observações remotas.

O cometa C/2022 E3 (ZTF) foi descoberto por astrônomos no ano passado. Ele tem tom esverdeado, uma cauda curta de poeira e outra mais alongada, formada por íons, e deve realizar sua aproximação máxima da Terra no início de fevereiro.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: