Comece 2013 com suas contas no azul: confira dicas de como sair das dívidas

SÃO PAULO – O início do ano é para muitos um motivo de preocupação com as contas, pois é preciso pagar as despesas adquiridas com as festas de fim de ano de dezembro, impostos, faturas de cartão de crédito, além dos gastos com material escolar, matrícula, viagens, entre outros. 

O diretor de Educação Financeira da Febraban (Federação Brasileira de Bancos), Fábio Moraes, orienta que quem já começou o ano endividado deve listar todas as contas fixas e atrasadas e se possível renegociar as dívidas ou avaliar a necessidade de trocar uma divida ruim, como de cartão de crédito, por uma melhor, como crédito consignado, onde se pagará menos juros. Moraes ainda lembra que o cheque especial deve ser destinado somente para situações emergenciais e utilizado por um curto período.

Corte de gastos
Pagar uma dívida já é um bom caminho para sair do vermelho, porém quem está endividado precisa cortar despesas. “Neste caso, será preciso cortar os pequenos gastos, como por exemplo, comer fora de casa, tomar o cafezinho na padaria todos os dias. É importante perceber que pequenas despesas podem gerar um grande gasto no fim do mês, assim como as pequenas parcelas”, explica Moraes.

Organização
Para evitar o endividamento é preciso ter controle sobre o seu dinheiro. Ele defende que é preciso verificar um possível aumento de renda, seja com um novo emprego ou com uma atividade que garanta renda extra, e depois avaliar os gastos do mês e classificar as despesas em essenciais ou supérfluas.

Como a organização do orçamento exige disciplina, o consumidor pode contar com a ajuda de planilhas, cadernetas ou até software que ajudam a controlas as contas e não esquecer os prazos de pagamento.

Planejamento
Faça uma lista com projetos para o ano de médio e longo prazo, como comprar um carro ou  fazer uma viagem para o exterior. “O importante é que a pessoa tenha em mente que os projetos estão ligados a uma determinada situação financeira, por isso é importante um planejamento de poupança, pensar no quanto vale esse projeto e por quanto tempo terá que guardar dinheiro para conquistar esse sonho”, afirma Moraes.

Internet
Para ajudar os consumidores a planejarem o orçamento e evitar as dívidas, a Febraban oferece o portal Meu Bolso em Dia, no qual é possível acessar dicas diárias de finanças pessoais. Com o software Jimbo, é possível montar o planejamento financeiro dos próximos meses e ver a capacidade financeira para o pagamento dessas despesas.

Carregando...