Mercado abrirá em 6 h 40 min
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,38
    +0,08 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.778,80
    +2,10 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    34.443,71
    +1.649,20 (+5,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    829,99
    +43,37 (+5,51%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.109,97
    +35,91 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    29.264,42
    +381,96 (+1,32%)
     
  • NIKKEI

    29.066,18
    +190,95 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    14.360,00
    +5,75 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8669
    +0,0046 (+0,08%)
     

Com AT&T e Discovery, fusões e aquisições encostam em US$ 2 tri

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O valor das fusões e aquisições deve ultrapassar a marca de US$ 2 trilhões em tempo recorde neste ano, impulsionado pela cisão da divisão de mídia da AT&T.

A AT&T disse na segunda-feira que planeja unir sua unidade WarnerMedia com a Discovery em uma reversão de estratégia surpreendente de uma empresa que gastou US$ 85 bilhões para adquirir os ativos há menos de três anos. A transação avalia a empresa combinada em cerca de US$ 130 bilhões, incluindo dívidas, com base no valor estimado da WarnerMedia de mais de US$ 90 bilhões.

O acordo, divulgado em primeira mão pela Bloomberg News, é de longe o maior a ser anunciado globalmente em 2021, superando transações como a aquisição pela AerCap Holdings do braço de leasing de aeronaves da General Electric por cerca de US$ 30 bilhões, e da planejada compra também por US$ 30 bilhões da operadora ferroviária Kansas City Southern.

Cerca de US$ 1,8 trilhão em acordos já foram fechados este ano, segundo dados compilados pela Bloomberg. A cifra é mais do que o dobro do valor no mesmo período em 2020 e a maior para qualquer período correspondente, segundo os dados.

As fusões e aquisições estão em alta em todos os principais setores com a recuperação das empresas após os choques econômicos da pandemia de Covid-19. Os setores de tecnologia, mídia e telecomunicações lideram os acordos em valores.

Acordos em tecnologia, mídia e telecomunicações de cerca de US$ 670 bilhões foram anunciados desde o início de janeiro, mais que o triplo do valor no mesmo período há um ano, segundo dados da Bloomberg. As transações de telecomunicações de destaque incluem a aquisição pela Rogers Communications da rival canadense Shaw Communications por US$ 16 bilhões.

A AT&T receberá US$ 43 bilhões sob os termos do acordo com a Discovery, e seus acionistas passam a controlar a 71% das ações da nova empresa, de acordo com documento regulatório divulgado na segunda-feira. A empresa combinada deve gerar receita de cerca de US$ 52 bilhões em 2023 e Ebitda ajustado de aproximadamente US$ 14 bilhões.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos