Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.259,75
    -657,98 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.707,72
    +55,53 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,78
    -0,86 (-2,12%)
     
  • OURO

    1.903,40
    -1,20 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    12.942,96
    +46,37 (+0,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,05
    -1,40 (-0,54%)
     
  • S&P500

    3.465,39
    +11,90 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    28.335,57
    -28,09 (-0,10%)
     
  • FTSE

    5.860,28
    +74,63 (+1,29%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,65 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.516,59
    +42,32 (+0,18%)
     
  • NASDAQ

    11.669,25
    +19,50 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6639
    +0,0538 (+0,81%)
     

Com promessa de não apoiar candidatos, Bolsonaro é colocado em campanha de Crivella

Anita Efraim
·2 minutos de leitura
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - AUGUST 14: President of Brazil Jair Bolsonaro (L) talks to the Mayor of Rio de Janeiro Marcelo Crivella (R) during the opening of the Escola Civico-Militar General Abreu on August 14, 2020 in Rio de Janeiro, Brazil. The civic-military school inaugurated by the city of Rio de Janeiro has a capacity for 500 students. Two other units will be added to the complex, which will be launched by the end of the year. Civic-military schools are non-militarized institutes with retired military agents as tutors, a model advocated by the government of Jair Bolsonaro. (Photo by Buda Mendes/Getty Images)
Presidente Jair Bolsonaro ao lado do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Foto: Buda Mendes/Getty Images)

Em 28 de agosto, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) declarou nas redes sociais que não se envolveria no primeiro turno das eleições municipais. No entanto, o presidente é um dos atores principais da campanha do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), que tenta a reeleição.

Na ocasião, Bolsonaro escreveu: “Tenho muito trabalho na presidência e, tal atividade, tomaria todo meu tempo num momento de pandemia e retomada da nossa economia”.

No entanto, no último domingo, Crivella divulgou seu santinho e o jingle da campanha. Na imagem, o candidato à reeleição aparece ao lado da vice da chapa, a tenente-coronel Andréa Firmo, e do presidente Jair Bolsonaro.

Acima dos três, está a frase “me diga com quem andas, que direi quem tu és”.

Leia também:

Atualmente, o presidente Jair Bolsonaro não está filiado a nenhum partido. Ele deixou o PSL, sigla pela qual se elegeu em 2018, e espera ainda conseguir criar o Aliança pelo Brasil. No entanto, dois dos filhos de Bolsonaro são filiados ao Republicanos, mesmo partido de Crivella. Carlos Bolsonaro, que tenta se reeleger ao cargo de vereador, também pelo Rio de Janeiro, e Flávio Bolsonaro, que é senador. Apenas Eduardo Bolsonaro continua no PSL.

No jingle de Crivella, Bolsonaro também é mencionado. A música, que é uma paródia de “Supera”, interpretada pela cantora Marília Mendonça, diz: “O Rio vai votar Crivella, junto com Bolsonaro, é Crivella”.

O Yahoo! Brasil questionou a Secretaria de Comunicação se houve uma mudança de postura de Bolsonaro ou se o presidente autorizou Crivella a usar a imagem dele. No entanto, a secretaria não respondeu até a publicação da reportagem.

O presidente não fez qualquer postagem nas redes sociais em referência à Crivella até o momento.