Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,67
    +1,41 (+2,13%)
     
  • OURO

    1.785,80
    +1,90 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    48.483,11
    -691,48 (-1,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.245,19
    -196,57 (-13,63%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.420,44
    -346,25 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    27.842,56
    -187,01 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.718,75
    +1,00 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3825
    -0,0128 (-0,20%)
     

Com novo trabalho, Gloria Groove fala sobre cancelamento e como lida com cultura do ódio na web: 'Experiências traumáticas'

·2 min de leitura

"Extra, extra! Logo, logo o show começa. Melhor do que a subida só mesmo assistir a queda". Não deixa de ser um desabafo, mas, na verdade, é o trecho de "A queda", novo trabalho de Gloria Groove. Nele, a artista, de 26 anos, fala da cultura do ódio nas redes sociais e do cancelamento - comportamentos tóxicos e comuns na web. E fala com propriedade. Isso porque, segundo a própria Gloria, ela já foi alvo desse tipo de ataque. Acrescenta que nem sempre conseguiu lidar bem com a situação, mas segue em frente.

"Já estive nesse lugar algumas vezes, sim. Mais de uma vez. Sempre foram experiências traumáticas, nem sempre coisas com as quais consegui lidar diretamente. Creio que depositei na letra e no vídeo toda essa sensação de horror e exposição ", conta ela.

Manter a própria saúde mental é uma preocupação. Diz que se esforça para não ser afetada pelo ódio de outras pessoas. "Procuro manter os pés no chão. Ter certeza do meu propósito como artista, e principalmente não me deixar dominar e corromper pelo ódio alheio. Também tenho a sorte de ter uma incrível rede de apoio".

Rede de apoio, aliás, pautada no amor. "Busco apoio em meus amigos mais próximos, minha família, meu marido, meus fãs… todos são meus grandes amores", diz a artista, que é casada com Pedro Luis.

Gloria Groove diz ainda que já vinha tentando fazer a análise do assunto (ódio e cancelamento) há algum tempo. "A queda" é o resultado artístico de sua própria impressão sobre essas situações. No vídeo, ela está caracterizada como palhaço e apresentador assustadores, numa espécie de circo dos horrores.

"É exatamente esse o conceito! O “circo dos horrores” teve tudo a ver com o tema da música por ser uma clássica situação onde o público goza com a exibição de algo grotesco", explica.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos