Mercado abrirá em 27 mins
  • BOVESPA

    117.560,83
    +363,01 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,85 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,84
    +1,39 (+1,57%)
     
  • OURO

    1.717,30
    -3,50 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    19.956,67
    -259,20 (-1,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    453,60
    -9,52 (-2,06%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,93 (-1,15%)
     
  • FTSE

    7.017,19
    +19,92 (+0,28%)
     
  • HANG SENG

    17.740,05
    -272,10 (-1,51%)
     
  • NIKKEI

    27.116,11
    -195,19 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    11.525,50
    -16,25 (-0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1033
    -0,0102 (-0,20%)
     

Com morte de Elizabeth 2ª, Reino Unido terá que trocar todo seu dinheiro

Rainha Elizabeth 2ª: morte fará com que todo dinheiro do Reino Unido seja trocado
Rainha Elizabeth 2ª: morte fará com que todo dinheiro do Reino Unido seja trocado
  • Costume do país é que o monarca vigente apareça nas notas e moedas;

  • Rainha Elizabeth 2ª aparece nas notas de libras esterlinas desde 1960;

  • Outros países da Comunidade das Nações também terão que mudar suas cédulas.

Além de causar um pesar muito grande no coração de muitos de seus súditos, a morte da rainha Elizabeth II também custará uma bolada ao estado britânico, que arcará com diversas custas relacionadas ao falecimento, como por exemplo, a troca das células e notas da libra esterlina.

Todas as notas e as moedas utilizadas no Reino Unido tem em sua superfície o rosto da rainha, da mesma forma que aqui no Brasil temos animais da fauna brasileira. E é costume do país que o dinheiro possua o rosto do monarca vigente. Ou seja, se tudo seguir conforme a tradição, amanhã será anunciada a coroação de Charles como novo rei da nação.

Leia também

O rosto de Elizabeth está presente nas moedas inglesas desde 1960, apesar da monarca ter subido ao trono oito anos antes, em 1952. Ou seja, a maior parte das gerações de ingleses vivos estão acostumados a ver somente o rosto da rainha em seu dinheiro, e nunca tiveram contato com uma moeda com o rosto de George VI, pai de Elizabeth.

Atualmente há cerca de 4,5 bilhões de cédulas inglesas com o rosto da rainha em circulação, com um valor combinado de aproximados 80 bilhões de libras, ou R$ 479 bilhões. No entanto, não é só a libra esterlina que terá que ser trocada, países como Austrália, Canadá e Nova Zelândia terão que realizar a troca também em seus dólares.

Isto porque estes países são da Comunidade das Nações (Commonwealth, em inglês), grupo de ex-colônias inglesas que mantiveram a rainha Elizabeth II como líder de estado após a independência de seu governo e território do império inglês. Apesar de não ser uma regra, muitos mantiveram o rosto da monarca em pelo menos uma de suas notas.

A mudança das cédulas e moedas será feita de maneira gradual, conforme as antigas vão sendo retiradas de circulação por desgaste e rasgos. Espera-se que esse processo demore cerca de dois anos. Neste período, a antiga nota com o rosto de Elizabeth II coexistirá com a nota com o rosto de seu filho e herdeiro, Charles.

É esperado também que no anúncio oficial da coroação de Charles seja informado quanto às notas e moedas antigas perderão sua validade. No entanto, há precedentes para que isso não aconteça, uma vez que até tempos modernos o dinheiro com o rosto de muitos monarcas coexistiam juntos, já que a mudança ocorria de maneira orgânica, e não através de um recall do governo.