Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.915,45
    -1.032,55 (-1,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.698,72
    -1.346,38 (-2,64%)
     
  • OURO

    1.774,20
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    57.401,26
    -183,04 (-0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.471,07
    +3,14 (+0,21%)
     
  • S&P500

    4.567,00
    -88,27 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.483,72
    -652,22 (-1,86%)
     
  • FTSE

    7.059,45
    -231,75 (-3,18%)
     
  • HANG SENG

    23.475,26
    -2.174,84 (-8,48%)
     
  • NIKKEI

    27.693,60
    -128,16 (-0,46%)
     
  • NASDAQ

    16.190,00
    +39,50 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3917
    +0,0217 (+0,34%)
     

Com Miranda, Arboleda e Léo à disposição, Ceni precisa tomar decisão importante no São Paulo

·2 min de leitura


No próximo domingo (24), Rogério Ceni terá todos os zagueiros do elenco do São Paulo à sua disposição pela primeira vez desde que assumiu o comando da equipe. Com Miranda suspenso no último jogo e Arboleda defendendo a sua seleção na última semana, o treinador precisou fazer alterações na zaga. Com os zagueiros em bom momento, a escalação passa a ser uma dúvida que o técnico precisará resolver.


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA E SIMULE OS JOGOS DO BRASILEIRÃO DE 2021!

Na primeira partida de sua segunda passagem pelo São Paulo, Rogério Ceni enfrentou o Ceará, na última quinta-feira (14), no Morumbi. Na partida em questão, Ceni não contou com Arboleda, que estava defendendo seleção equatoriana. Assim, o time entrou com Miranda e Léo na dupla de defesa.

A defesa não foi mal na partida, mas deixou a desejar na bola parada, de onde o Ceará conseguiu abrir o placar no empate por 1 a 1. O gol, porém, não foi culpa da dupla de zaga. Miranda, porém, recebeu um cartão amarelo que o deixou suspenso para o clássico contra o Corinthians.

Assim, na partida seguinte, Rogério Ceni contou com a volta de Arboleda, mas perdeu Miranda. Com isso, o treinador escalou a defesa com o equatoriano ao lado de Léo para enfrentar o rival.

A defesa foi um sucesso. Juntos, Léo e Arboleda foram cruciais para a vitória por 1 a 0, afastando o perigo criado pelo adversário e dando bastante segurança para o setor defensivo do São Paulo, que pouco sofreu na partida.

No Brasileirão, dos três, Arboleda é o que tem a maior média de desarmes (2,33 por jogo), seguido por Miranda (1,61por jogo) e depois Léo (1,48 por jogo). O número de desarmes, porém, é o contrário, com Léo, que jogou mais jogos, liderando (34), Miranda em segundo (29) e Arboleda em terceiro (21). Os dados são do portal de estatísticas FootStats.

Léo, porém, é o que mais comete faltas em média (1,78 por jogo), seguido por Arboleda (1,66 por jogo) e Miranda (1,33 por jogo). Quanto ao número de faltas cometidas, Léo segue na frente, com 41, Miranda cometeu 24 e Arboleda 15.

Para o próximo domingo (24), quando enfrenta o Red Bull Bragantino, Rogério Ceni contará com os três, mas deve manter a linha de quatro defensores, precisando escolher entre repetir alguma das duplas ou escalar a dupla que era titular com Hernán Crespo, formada por Arboleda e Miranda.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos