Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    49.962,05
    +508,38 (+1,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Com medo de bateria removível ser engolida por crianças, rede australiana para de vender AirTags

André Pierre Lindsay Georges
·2 minuto de leitura
Com medo de bateria removível ser engolida por crianças, rede australiana para de vender AirTags
Com medo de bateria removível ser engolida por crianças, rede australiana para de vender AirTags

Já publicamos aqui diversas matérias que falam sobre as polêmicas rastreadoras AirTags da Apple. Por ser pequena e removível, a bateria da AirTag pode oferecer riscos para as crianças, já que pode ser facilmente engolida. Isso fez uma rede australiana Officeworks suspender as vendas das AirTags, mostrando preocupação com a facilidade da remoção e trocas das baterias.

Até agora, não houve nenhuma denúncia concreta em relação a qualquer caso real de lesões provocados pelos dispositivos, desse modo, ainda não foi confirmado como a rede chegou à essa decisão oficialmente. Mas, de acordo com uma série de comentários no Reddit, a empresa decidiu retirar as Airtags de suas prateleiras de forma temporária para a segurança das crianças.

Um dos usuários disse que tentou comprar AirTags em uma das redes da Officeworks na Austrália e revelou: “Os funcionários do balcão podiam ver em seu sistema que eles tinham alguns em estoque e um membro da equipe até se lembrava de vendê-los na sexta-feira, mas não conseguiram encontrá-los hoje. Por fim, alguém desceu do escritório e explicou que os AirTags foram recolhidos devido a questões de segurança quanto à facilidade com que a bateria de célula tipo botão pode ser removida por uma criança. AirTags também foram removidos do site da Officeworks”.

A defesa da Apple

Esses dispositivos rastreadores de objetos contam com uma bateria de lítio CR2032 padrão (do tamanho de uma moeda ou de um botão) que duram até 1 ano. Segundo a Apple, esses dispositivos atendem os padrões internacionais de segurança infantil. Dessa forma, um representante da responsável pelas AirTags entrou em contato com o site Gizmodo Austrália, explicando como a bateria removível funciona e defende o objeto sobre os perigos para as crianças: “O AirTag foi projetado para atender aos padrões internacionais de segurança infantil, incluindo os da Austrália, exigindo um mecanismo de empurrar e girar de duas etapas para acessar a bateria substituível pelo usuário”, e complementou: “Estamos seguindo os regulamentos de perto e trabalhando para garantir que nossos produtos atendam ou excedam os novos padrões, incluindo aqueles para rotulagem de embalagens, bem antes do cronograma exigido”.

Vale dizer que, segundo as leis australianas sobre bens de consumo, os produtos com baterias tipo botão devem ter um compartimento acessível ao usuário e que conte com parafusos ou fechaduras com o objetivo de proteger a porta de sua entrada, mesmo que a bateria não seja removível.

Via Mac Rumors