Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.646,40
    -989,99 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.125,71
    -369,70 (-0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,28
    +0,30 (+0,57%)
     
  • OURO

    1.872,00
    +5,50 (+0,29%)
     
  • BTC-USD

    34.986,71
    +586,74 (+1,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    696,42
    -4,19 (-0,60%)
     
  • S&P500

    3.851,85
    +52,94 (+1,39%)
     
  • DOW JONES

    31.188,38
    +257,86 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.740,39
    +27,44 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    29.962,47
    +320,19 (+1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.523,26
    -110,20 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    13.290,50
    +305,00 (+2,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4087
    -0,0899 (-1,38%)
     

Com gol nos acréscimos, Guarani vence o Paraná

LANCE!
·1 minuto de leitura


Na Vila Capanema, o Guarani conseguiu um excelente resultado ao bater o Paraná por 2 a 1. Com o placar, o Bugre chegou aos 31 pontos, na 10ª colocação. O Paraná é o 13º, com 29 pontos.

Na próxima rodada, o Paraná visita o Operário-PR, fora de casa. O Guarani mede forças com a Chapecoense, em Campinas.

O duelo

Desde o início do jogo o Guarani foi melhor. Com ritmo de jogo acelerado, o Bugre se aproveitava das falhas defensivas do Tricolor para criar oportunidades. Antes dos 15 minutos, Todinho e Marcelo assustaram Alisson.

Melhor em campo, o Guarani abriu o marcador aos 31 minutos. Em chute forte da entrada da área, Bidu contou com a colaboração do arqueiro, 1 a 0.

Antes do intervalo, Murilo Rangel soltou a bomba em cobrança de falta e balançou a trave do Tricolor.

Na etapa final o panorama do confronto mudou. O Tricolor se soltou dentro de campo e começou a criar perigo ao adversário, que não conseguia reagir. Na casa dos 22 minutos o empate do Paraná saiu. Após lançamento, Wandson saiu livre na grande área e bateu firme para vencer o goleiro, 1 a 1.

Com o empate no marcador, o Tricolor tentou envolver o Guarani, mas tinha dificuldade. Na base do abafa, o Bugre até conseguiu criar uma chance, porém Breno Lopes, sozinho na pequena área, chutou fraco e a zaga conseguiu afastar.

Nos acréscimos, o Guarani chegou aos três pontos. Após dividida na grande área, Rickson ficou com a bola e achou Renanzinho, que só deslocou para dentro da rede, 2 a 1.