Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.259,75
    -657,98 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.707,72
    +55,53 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,78
    -0,86 (-2,12%)
     
  • OURO

    1.903,40
    -1,20 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    12.973,37
    -338,76 (-2,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,05
    -1,40 (-0,54%)
     
  • S&P500

    3.465,39
    +11,90 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    28.335,57
    -28,09 (-0,10%)
     
  • FTSE

    5.860,28
    +74,63 (+1,29%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,65 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.516,59
    +42,32 (+0,18%)
     
  • NASDAQ

    11.669,25
    +19,50 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6639
    +0,0538 (+0,81%)
     

Com gol nos acréscimos, Athletico bate o Jorge Wilstermann

LANCE!
·2 minutos de leitura
Brazil's Athletico Paranaense Argentine midfielder Luis Gonzalez celebrates after scoring against Bolivia's Jorge Wilstermann during their closed-door Copa Libertadores group phase football match at the Felix Capriles stadium in Cochabamba, Bolivia, on September 15, 2020, amid the COVID-19 novel coronavirus pandemic. (Photo by AIZAR RALDES / AFP) (Photo by AIZAR RALDES/AFP via Getty Images)
Brazil's Athletico Paranaense Argentine midfielder Luis Gonzalez celebrates after scoring against Bolivia's Jorge Wilstermann during their closed-door Copa Libertadores group phase football match at the Felix Capriles stadium in Cochabamba, Bolivia, on September 15, 2020, amid the COVID-19 novel coronavirus pandemic. (Photo by AIZAR RALDES / AFP) (Photo by AIZAR RALDES/AFP via Getty Images)

No Felix Capriles, o Athletico venceu o Jorge Wilstermann nos acréscimos por 3 a 2. Com o placar, o Furacão chegou aos 6 pontos e divide a liderança da chave com o Colo-Colo. O time boliviano permanece com 3 pontos.

Na próxima rodada, o Jorge Wilstermann encara o Peñarol, em casa. O Athletico recebe o Colo-Colo, na Arena da Baixada.

O duelo

A falta de ritmo não foi desculpa para o Jorge Wilstermann. Desde os minutos iniciais o time boliviano colocou a bola no chão e deu trabalho ao goleiro Santos, que precisou intervir em chutes da grande área.

Melhor em campo, o gol era questão de tempo e veio aos 9 minutos. No lançamento, a zaga do Athletico não acompanhou e Gilbert Álvarez driblou o goleiro e mandou para o gol, 1 a 0.

Com dificuldade de criar, o Furacão apostou na bola aérea e até assustou com Lucho, mas o capitão furou a cabeçada. Na reta final, em cobrança de escanteio, Fabinho foi puxado de maneira infantil pelo zagueiro e o árbitro deu pênalti. Na cobrança, Lucho González deixou tudo igual, 1 a 1.

No segundo tempo, logo aos 10 minutos, o Jorge Wilstermann marcou um gol de videogame. Na troca de passes, a zaga do Athletico não achou niguém e Serginho, sozinho, mandou para o gol, 2 a 1.

Assim como na etapa inicial, o Athletico encontrava muita dificuldade para chegar no gol. Porém, o alívio veio aos 27 minutos, Christian tabelou com Fabinho, saiu na cara do goleiro e mandou para a rede, 2 a 2.

No ímpeto pela vitória, a bola do jogo caiu para o Wilstermann. Em bela trama da direita, Arrascaita pintou sozinho na pequena área e cabeceou. Santos caiu e fez milagre para segurar o empate.

Nos acréscimos, quando o Furacão tinha um jogador a mais, brilhou a estrela de Walter, que saiu do banco de reservas e no cruzamento da direita dominou e bateu forte, 3 a 2.