Mercado abrirá em 4 h 46 min

Com faixa antirracista, movimento faz ato na avenida Rebouças em SP

Ato antirracista estende faixa na Avenida Rebouças, em São Paulo. (Foto: Léo Oreste/Alma Preta)

Texto: Juca Guimarães I Edição: Pedro Gomes I Imagem: Léo Oreste

O Movimento Negro Unificado (MNU) e o movimento RUA (Juventude Anticapitalista) fixaram uma faixa antirracista no alto de um viaduto sobre a avenida Rebouças, uma das principais vias da cidade.

“É necessário afirmar que com racismo não há democracia. Temos que colocar a luta antirracista no centro da pauta desta cidade onde a polícia mata uma pessoa negra a cada dezesseis horas”, diz Simone Nascimento, do MNU.

O nome avenida, na região central de São Paulo, é uma homenagem ao engenheiro negro e abolicionista André Rebouças, que no entanto não teve a sua luta reconhecida. “Até hoje as vidas negras são invisibilizadas e mortas. Os negros são as principais vitimas da pandemia. Estamos jogados à própria sorte e precisamos revidar”, disse Simone.

Na faixa está escrito: “Vidas Negras Importam. Com Racismo Não Há Democracia. #ForaBolsonaro”

Outros atos antirracistas e pela defesa da democracia estão marcados para acontecer neste domingo em São Paulo e em Brasília.