Mercado fechará em 4 h 4 min
  • BOVESPA

    125.122,13
    -1.024,52 (-0,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.223,74
    -16,77 (-0,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,75
    -0,16 (-0,22%)
     
  • OURO

    1.802,90
    -2,50 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    32.360,47
    -65,85 (-0,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    785,40
    -8,34 (-1,05%)
     
  • S&P500

    4.403,28
    +35,80 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    35.023,08
    +199,73 (+0,57%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.059,75
    +131,25 (+0,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0838
    -0,0364 (-0,59%)
     

Com excedente de dinheiro, mercados procuram outra bóia do Fed

·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Investidores do mercado monetário dos EUA estão mais preocupados com o que o banco central pode precisar fazer para controlar os juros usados para executar a política monetária e se o Federal Reserve poderia começar a mexer nessas ferramentas esta semana para proporcionar algum alívio.

As linhas existentes do Fed ajudaram a aliviar o excedente cada vez maior de dólares nos mercados de financiamento de curto prazo, que está ultrapassando a oferta de ativos disponíveis para se investir e pressiona as taxas de longo prazo. No entanto, as autoridades só poderão continuar fazendo isso se os fundos de money market — que ajudam a canalizar mais de US$ 4 trilhões em investimentos totalmente líquidos para instrumentos de curto prazo — estiverem funcionando adequadamente.

Agora, muitos se perguntam por quanto tempo o Fed conseguirá conter dos efeitos da pilha de dinheiro se não ajustar algumas das taxas auxiliares usadas para direcionar os mercados, incluindo o rendimento zero oferecido nas operações de recompra reversa.

“Chega um ponto em que zero é muito”, disse Teresa Ho, estrategista do JPMorgan Chase. “Zero é ótimo em uma crise, mas quando se trata do peso de zero pontos base, é bastante pesado para a ponta curta.”

A taxa de juros de referência que o banco central atualmente busca manter na faixa de zero a 0,25% (Fed Funds Rate ou FFR) permaneceu pelo menos 5 pontos-base acima de zero nos últimos meses, mesmo enquanto os rendimentos dos títulos do Tesouro e das operações compromissadas se aproximavam de zero ou até menos. A pressão para baixo foi alimentada pelo programa de compra de ativos do Fed, por medidas de ajuda aos contribuintes e pelos saques da principal conta do Tesouro relacionados às regras de teto de endividamento, entre outros fatores.

A relativa sustentação da FFR neste ambiente em parte demonstra a eficácia da linha de recompra reversa do Fed. Embora não ofereça nada aos investidores em termos de rendimento agora, a linha não tira dinheiro deles como acontece com os rendimentos negativos. Sua utilização abrange mais de meio trilhão de dólares. E o dinheiro alojado ali não contribui para o desequilíbrio entre oferta e demanda de títulos de curto prazo e operações compromissadas.

Contudo, quando esta linha e outros instrumentos que não rendem praticamente nada têm presença maior nas carteiras, os fundos de money market são prejudicados. Considerando despesas administrativas e outros custos, alguns fundos podem sofrer perdas e parar de aceitar novas aplicações de investidores ou mesmo fechar totalmente. Isso, por sua vez, ameaça empurrar ainda mais dinheiro diretamente para os mercados de títulos do Tesouro, operações compromissadas e mercados ligados à taxa dos Fed Funds porque apenas algumas instituições têm acesso a determinadas linhas do Fed, potencialmente derrubando os juros para abaixo do piso de zero definido pelo banco central.

Título em inglês:Drowning in Cash, Money Markets Seek Another Life Raft From Fed

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos