Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    48.727,91
    -1.429,75 (-2,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Com equipe formada em Cotia, São Paulo vence o Guarani pelo Paulista

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em sua terceira partida no período de cinco dias, o São Paulo venceu o Guarani por 3 a 2 na noite desta quarta-feira (14), no Morumbi, em jogo adiantado da 9ª rodada do Campeonato Paulista. Wellington, Igor Gomes e Vitor Bueno anotaram os gols tricolores. Airton e Bruno Sávio marcaram a favor dos bugrinos. Para enfrentar a maratona de compromissos, que se encerra na sexta (16) contra o Palmeiras, o técnico Hernán Crespo mandou a campo uma equipe repleta de reservas e com média de idade de apenas 23,4 anos. Dos 11 que iniciaram o confronto, oito foram formados nas categorias de base: Lucas Perri, Diego Costa, Rodrigo Freitas, Galeano, Wellington, Liziero, Talles e Igor Gomes. Em meio a tantos jovens, Crespo promoveu nesta terça a reestreia de Miranda, 36, no clube. O experiente zagueiro, tricampeão brasileiro pelo São Paulo, usou a braçadeira de capitão em sua primeira partida desde o retorno ao Morumbi. E foi com os jogadores criados em Cotia que a equipe tricolor chegou aos gols nesta quarta, em grande atuação do paraguaio Galeano, que deu duas assistências (para Igor Gomes e Vitor Bueno) e também participou do gol de Wellington, o primeiro do lateral esquerdo no profissional. No início da partida, porém, o São Paulo levou um susto. Régis cobrou escanteio que Airton desviou com perigo. Na sequência, em novo escanteio, o meia bateu fechado, o goleiro Lucas Perri rebateu para o meio da área e Airton, de novo, apareceu para marcar, aos 9 minutos. A partir do gol dos visitantes, a equipe tricolor dominou o jogo. O argentino Benítez, em seu primeiro jogo como titular, articulou a criação no meio de campo e participou bastante das ações ofensivas. O empate são-paulino chegou no fim do primeiro tempo, aos 44. Galeano, atuando como ala pela direita, recebeu na linha de fundo e cruzou. Benítez cabeceou e Gabriel defendeu, mas no pé de Wellington, que aproveitou o rebote para deixar tudo igual. Logo no início da etapa final, o São Paulo chegou ao gol da virada após combinação de atletas de Cotia. Igor Gomes puxou contra-ataque e recuou para Liziero, que tocou para Galeano na direita. O paraguaio encarou o marcador, invadiu a área e cruzou rasteiro. Seu cruzamento encontrou Igor Gomes, que completou para fazer 2 a 1, aos 4 minutos do segundo tempo. Com a vantagem no placar, o time de Crespo diminuiu a intensidade e permitiu o empate do Guarani. Davó recebeu na direita, foi à linha de fundo e bateu rasteiro para o meio da área. Bruno Sávio, livre na pequena área, só desviou para o fundo do gol, aos 25. O Guarani chegou a ameaçar o gol de Lucas Perri, mas Vitor Bueno, depois de ter perdido chance clara, se redimiu após outra boa jogada de Galeano. O paraguaio arrancou e tocou em profundidade para o atacante, que finalizou na saída de Gabriel para marcar, aos 38 do segundo tempo, e dar números finais ao jogo. O São Paulo volta a campo nesta sexta-feira (16), contra o Palmeiras, pelo Campeonato Paulista, no Allianz. Será o quarto jogo da equipe em sete dias. Após o clássico, o clube do Morumbi se concentra na estreia na Copa Libertadores, que acontece na próxima terça (20), contra o Sporting Cristal, no Peru. SÃO PAULO Lucas Perri; Diego Costa, Miranda e Rodrigo; Galeano, Talles, Liziero (Luan), Igor Gomes (Eder) e Wellington (Léo); Martín Benítez (Bruno Rodrigues) e Vitor Bueno (Arboleda). T.: Hernán Crespo GUARANI Gabriel Mesquita; Éder Sciola, Romércio, Aírton e Bidu (Eliel); Índio, Rodrigo Andrade e Régis (Davó); Andrigo, Júlio César (Matheus Souza) e Bruno Sávio (Renanzinho). T.: Allan Rodrigo Aal Estádio: Morumbi, em São Paulo (SP) Árbitro: Salim Fende Chavez Assistentes: Risser Jarussi Corrêa e Paulo Cesar Modesto VAR: Luiz Flávio de Oliveira Cartão amarelo: Rodrigo Andrade (GUA) Gols: Aírton (GUA), aos 11', e Wellington (SAO), aos 44'/1ºT; Igor Gomes (SAO), aos 5', Bruno Sávio (GUA), aos 25', e Vitor Bueno (SAO), aos 39'/2ºT