Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,61
    +1,35 (+2,04%)
     
  • OURO

    1.786,40
    +2,50 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    48.530,71
    -713,04 (-1,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.246,27
    -195,49 (-13,56%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.515,08
    -251,61 (-1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.828,26
    -201,31 (-0,72%)
     
  • NASDAQ

    15.706,50
    -11,25 (-0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3825
    -0,0128 (-0,20%)
     

Com dois de John Kenedy, Fluminense é letal contra o Flamengo e fica mais perto de objetivo no Brasileiro

·2 min de leitura

Em um jogo muito brigado e emocionante, o Fluminense levou a melhor sobre o Flamengo com o brilho de sua base e se aproximou de seu objetivo no Brasileiro, a vaga na Libertadores. Com dois gols do jovem John Kenedy e assistências de Luiz Henrique, bateu o rival todo desfalcado por 3 a 1 no Maracanã, resultado que pode deixar o Flamengo a 13 pontos do líder Atlético-MG neste domingo. O Flu agora está a um ponto da zona de classificação.

Personagem marcante dos clássicos da base, o atacante prata da casa das Laranjeiras mostrou que tem estrela em sua primeira partida no profissional como titular. Ele e Luiz Henrique precisaram de alguns minutos em cada tempo para serem letais contra a defesa do Flamengo, que dominou, mas criou pouco.

No primeiro gol, houve cruzamento da esquerda, Renê falhou, e John Kenedy abriu o placar. No segundo, foi Gustavo Henrique que sofreu com a antecipação do atacante. O zagueiro falhou novamente no terceiro, de Abel Hernandéz. Renê diminuiu.

— Não tem nem explicação. Não consigo nem me expressar. Que se repita mais e mais vezes, que eu consiga fazer mais gols no Flamengo no profissional — afirmou John Kenedy, que completou:

— Se tiver chance o atacante tem que estar preparado. Fui feliz, pude aumentar o placar.

A estratégia do Fluminense foi mais bem pensada que a do Flamengo, que mandou a campo uma equipe com três meias - Diego, Andreas e Éverton Ribeiro -, mas sem capacidade de penetrar duas linhas de forte marcação. Com Luiz Henrique apoiando pela esquerda, Matheusinho parou de apoiar, e só Michael tentava alguma coisa. O time só melhorou no segundo tempo, com a entrada de Vitinho no lugar de Diego. O Fluminense já havia recuado após o gol, e na etapa final se armou para outro contragolpe fatal. Conseguiu.

Na sequência, teve uma chance de matar o jogo, mas Yago acertou a trave. Logo depois o Flamengo chegou ao gol ao fazer pressão aleatória no campo de ataque, insuficiente para empatar. Com as mexidas, os espaços se ofereceram e o Fluminense matou o jogo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos