Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.696,16
    +571,12 (+1,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Com discurso sobre 'Deus', investidor de criptomoeda assassinado usava história pessoal para arregimentar pessoas

·1 minuto de leitura

O investidor em criptomoeda assassinado na Região dos Lagos, Wesley Pessano, de 19 anos, usava sua história pessoal para inspirar as pessoas no Instagram. Pessano foi executado dentro do seu Porsche Boxster quando chegava para cortar o cabelo na Rua Marechal Castelo Branco, no bairro São João, em São Pedro da Aldeia. Ele foi baleado quando um outro veículo emparelhou nesta quarta-feira.

"Rapaziada, cresci ouvindo que Deus sempre quis me abençoar com as riquezas do melhor. Confesso que nunca entendi, pois olhava ao meu redor e não via as “tais bençãos da riqueza”. Muito pelo contrário", escreveu ele em uma publicação no dia 4 de setembro do ano passado com o objetivo de inspirar as pessoas.

No mesmo post, ele afirmou "Só então entendi que Deus nos abençoa com grandiosidades se estamos preparados para recebê-las". Há ainda outra publicação em que o trader cita Deus, ao dizer que fez mais de 30 mil reais ao vivo para 200 pessoas em uma live, "mesmo com diversas pessoas ali desacreditando. Mas Deus está comigo e eu sei que ele não falha!", escreveu.

Wesley afirmava que começou a ganhar dinheiro aos 18 anos, e que antes recebia 400 reais por mês trabalhando 6h por dia com telemarketing. "Hoje, consigo tirar até o dobro do que eu recebia em apenas um dia", escreveu.

Ele oferecia ainda uma série de encontros presenciais de mentorias sobre investimento em criptomoedas que chamava de "imersão", e que chegou a acontecer em oito estados durante o ano passado, segundo suas publicações.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos