Mercado abrirá em 7 h 32 min

Com ajuda de parceiros, Grêmio faz proposta milionária a Cavani

Jorge Nicola
·2 minutos de leitura
Cavani está livre desde a metade do ano, depois que seu contrato com o PSG terminou (Jean Catuffe/Getty Images)
Cavani está livre desde a metade do ano, depois que seu contrato com o PSG terminou (Jean Catuffe/Getty Images)

O teto salarial no Grêmio hoje gira na casa dos R$ 800 mil mensais. Mas para contratar Cavani, o Tricolor resolveu abrir seus cofres e ofereceu mais do que o dobro ao uruguaio, de 33 anos. O Blog apurou com uma fonte gremista que a proposta do presidente Romildo Bolzan ao irmão e empresário de Cavani é de 3,5 milhões de euros por temporada ou R$ 22,3 milhões.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Incluindo 13º, isso equivale a aproximadamente R$ 1,7 milhão por mês. Se aceitar, o ex-jogador do PSG se tornará o mais bem pago do país, ultrapassando Gabigol e Daniel Alves, que ganham respectivamente R$ 1,6 milhão e R$ 1,5 milhão mensais.

Leia também:

Importante: o Grêmio já conseguiu pelo menos dois parceiros comerciais que o ajudariam a bancar os vencimentos de Cavani. As tratativas têm sido tocadas exclusivamente pelo presidente Romildo Bozan e pelo CEO do clube, Carlos Amodeo.

“O Cavani está próximo... as conversas andam bem aquecidas e ele quer voltar pra América do Sul”, explica a fonte tricolor, que acrescenta. “O Cavani viu toda a repercussão causada pelo torcedor do Grêmio e ficou impressionado”.

Mas por que o artilheiro ainda não deu “sim” ao Grêmio? “Ele está esperando um contrato gigante na Europa, que até agora não apareceu. E, a cada dia que passa, fica mais difícil que essa possibilidade aconteça”, completa o gremista, ciente de que Cavani pede 10 milhões de euros, livres de impostos, para fechar com um time no Velho Continente.

Atlético de Madrid, Tottenham e Juventus são alguns dos clubes que especularam o goleador. Apesar de não ser capaz de concorrer com as cifras dos europeus, o Grêmio permite a Cavani estar a uma hora de voo de seus familiares e da fazenda onde cria cavalos no Uruguai. Resta saber se a crise pela falta de resultados do time de Renato Gaúcho nos últimos dias não pode se tornar um empecilho.

Veja mais de Jorge Nicola no Yahoo Esportes

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube