Mercado fechará em 1 h 25 min

Com 40% de imposto, preço do iPhone no Brasil é o segundo mais alto do mundo

Com 40% de imposto, iPhone do Brasil é o segundo mais caro do mundo. Foto: REUTERS / Thomas Peter.
Com 40% de imposto, iPhone do Brasil é o segundo mais caro do mundo. Foto: REUTERS / Thomas Peter.

Resumo da notícia:

  • Pesquisa mostra que o Brasil é o segundo país com iPhone 14 mais caro do mundo;

  • Estudo ressalta que o Brasil vendeu o iPhone mais caro do mundo durante anos;

  • Levantamento aponta que os impostos incidentes sobre o aparelho e o câmbio tornam o aparelho caro.

O Brasil é o segundo país com o iPhone 14 mais caro do mundo, estando atrás apenas da Turquia. A informação é de uma pesquisa da HelloSafe, plataforma de comparação de seguros e produtos financeiros.

O levantamento mapeou o preço do mais recente aparelho da Apple em todo o mundo. O estudo ressalta que o Brasil foi país que vendeu o iPhone mais caro durante anos.

De acordo com a análise, os impostos incidentes sobre o aparelho e o câmbio explicam um preço tão alto. No Brasil, 40% do valor de um iPhone vêm de impostos federais, estaduais e de importação.

Segundo a pesquisa, na Turquia, o novo iPhone é vendido por R$ 9.554,12. Já no Brasil, o aparelho custa R$ 8.599,00, enquanto na Suécia, em terceiro lugar no pódio, é comercializado por R$ 6.587,84.

Leia também:

“Notamos que há uma tendência de baixos custos de compra nos países da Ásia, ao contrário dos países da Europa e do Brasil que apresentam preços mais elevados”, alega o estudo.

O levantamento ainda salienta que o preço de venda do iPhone 14 nos Estados Unidos, de R$ 4.666,71, é o mais baixo entre todos os países.

Em 2022, a diferença de valor do mais recente modelo do iPhone entre a Turquia e os EUA é de R$ 4.887,41, ou seja, 104%.