Mercado fechará em 37 mins
  • BOVESPA

    112.167,16
    +877,98 (+0,79%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.919,74
    -117,31 (-0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,99
    -0,36 (-0,41%)
     
  • OURO

    1.792,90
    -36,80 (-2,01%)
     
  • BTC-USD

    36.141,98
    -1.620,22 (-4,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    826,87
    +7,36 (+0,90%)
     
  • S&P500

    4.320,51
    -29,42 (-0,68%)
     
  • DOW JONES

    34.069,73
    -98,36 (-0,29%)
     
  • FTSE

    7.554,31
    +84,53 (+1,13%)
     
  • HANG SENG

    23.807,00
    -482,90 (-1,99%)
     
  • NIKKEI

    26.170,30
    -841,03 (-3,11%)
     
  • NASDAQ

    14.067,50
    -91,00 (-0,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0410
    -0,0654 (-1,07%)
     

Com 23 anos, empreendedor fatura R$ 280 mil com pet shop móvel

·2 min de leitura
Segundo Gean Brito, a mão de obra no setor é escassa no Brasil. Foto: Getty Images.
Segundo Gean Brito, a mão de obra no setor é escassa no Brasil. Foto: Getty Images.
  • Gean Brito, de 23 anos, criou a 'Ôxe Bicho' em 2019, um serviço de pet shop em domicílio;

  • Com investimento inicial de R$ 120 mil, o empreendimento faturou R$ 280 mil em 2020;

  • Para 2021, o a empresa espera a receita de R$ 500 mil, bem como expandir o negócio pelo país.

Existe idade para chegar ao sucesso empreendendo? A questão e o debate geram constantes polêmicas nas redes sociais. Contudo, o fato é que, cada vez mais, jovens vêm fazendo sucesso com seus negócios.

É o caso de Gean Brito, de apenas 23 anos, que afirma sempre ter tido vontade de criar algo. Com isso em mente, e após conversas com os amigos, nasceu o embrião de oferecer serviços de pet shop em domicílio.

A 'Ôxe Bicho' nasceu depois de muita vontade, esforço e inclusive impulsividade, segundo as palavras do próprio jovem empreendedor. A empresa é sediada em Salvador, Bahia, e oferece serviços de banho, tosa e atendimento veterinário na casa dos clientes. Em 2020, o faturamento atingiu R$ 280 mil.

Leia também:

O investimento inicial do negócio foi de R$ 120 mil, e a operação começou em agosto de 2019. Todos automóveis da marca têm equipamentos comuns a um pet shop tradicional. Contudo, um dos diferenciais é o uso de painéis fotovoltaicos para gerar energia, de forma a não utilizar as tomadas dos clientes.

Por nunca ter trabalhado no setor até a criação da empresa, o jovem fez um processo seletivo para contratar alguém experiente em banho e tosa. 

Contudo, Brito afirma que encontrou dificuldades na época, já que a mão de obra na área é escassa no Brasil. Apenas em agosto, a primeira colaboradora foi contratada. Outra ajuda essencial foi a contratação de uma médica veterinária.

A principal estratégia para divulgar o novo negócio foi estacionar o veículo em frente aos condomínios e entregar cartões de visitas aos pedestres.

O empreendimento conseguiu faturar R$ 13 mil em apenas um mês, sendo que pandemia contribuiu para criar maiores demandas pelo serviço.

Contudo, na época, ainda insatisfeito com o modelo, visto que a ideia inicial era a de o cliente não precisar sair de casa, Brito criou uma segunda unidade do pet shop móvel em novembro de 2020.

Agora, o empreendedor espera expandir o negócio pelo Brasil e fechar 2021 com a receita de R$ 500 mil.

As informações são do Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos