Mercado abrirá em 2 h 7 min
  • BOVESPA

    120.705,91
    +995,88 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.829,31
    +80,90 (+0,17%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,39
    +0,57 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.834,30
    +10,30 (+0,56%)
     
  • BTC-USD

    50.508,60
    +1.099,20 (+2,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,89
    +10,99 (+0,79%)
     
  • S&P500

    4.112,50
    +49,46 (+1,22%)
     
  • DOW JONES

    34.021,45
    +433,79 (+1,29%)
     
  • FTSE

    7.007,98
    +44,65 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.232,00
    +131,75 (+1,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4257
    +0,0132 (+0,21%)
     

Com 2.616 novos óbitos, Brasil chega a 351.334 mortes pela Covid-19

·1 minuto de leitura
Pandemia de Covid-19 no Brasil

(Reuters) - O Brasil registrou neste sábado 2.616 novos óbitos em decorrência da Covid-19, rompendo a barreira das 350 mil mortes pela Covid-19 desde o início da pandemia, informou o Ministério da Saúde.

O total de óbitos causados pela doença no país soma agora 351.334.

Também foram notificados 71.832 novos casos de coronavírus, com o total de infecções confirmadas no país avançando para 13.445.006, de acordo com a pasta.

O Brasil possui a segunda maior contagem absoluta de casos e óbitos por Covid-19 no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, e tem batidos seguidos recordes de mortes no seu pior momento na pandemia.

Mesmo neste cenário, o presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar neste sábado medidas de restrição de atividades adotadas por governadores e prefeitos que tentam conter a disseminação do coronavírus no país, afirmando que "a política do fica em casa, fecha o comércio está errada".

Estado mais afetado pelo coronavírus, São Paulo atingiu neste sábado as marcas de 2.635.378 casos e 82.407 mortes.

Conforme dados do Ministério da Saúde, Minas Gerais é o segundo Estado com maior número de infecções pelo coronavírus registradas, com 1.220.638 casos, mas o Rio de Janeiro é o segundo com mais óbitos contabilizados, com 39.298 mortes.

O governo ainda reporta 11.838.564 pessoas recuperadas da Covid-19 e 1.255.108 pacientes em acompanhamento.

(Por Alexandre Caverni)