Mercado abrirá em 5 h 19 min
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,53 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,15 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,47
    +0,08 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.890,50
    +13,90 (+0,74%)
     
  • BTC-USD

    22.775,32
    -620,16 (-2,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    523,23
    -13,63 (-2,54%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,89 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.159,80
    -500,67 (-2,31%)
     
  • NIKKEI

    27.693,65
    +184,19 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    12.565,00
    -59,00 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5355
    -0,0030 (-0,05%)
     

Colorful lista RTX 4070 Ti antes da hora e confirma ficha técnica

Em listagem publicada antes da hora e já retirada do ar, a Colorful apresentou um de seus modelos customizados da inédita Nvidia GeForce RTX 4070 Ti, reforçando alguns dos aspectos apontados por rumores. Ainda não confirmada oficialmente, mas prevista para estrear em janeiro na CES 2023, a solução teve a ficha técnica exposta pela fabricante parceira (AIB) da Nvidia, que acabou confirmando que a placa é uma versão reposicionada da polêmica RTX 4080 de 12 GB.

O modelo exibido pela Colorful pertence à família intermediária Tomahawk e adota um sistema de refrigeração similar à versão baseada na RTX 4090, com 3 slots de espessura (149,7 mm). Não há recursos avançados como visto em linhas mais premium, mas estão inclusos o design em preto e vermelho da série, bem como um "logo discreto" com iluminação RGB configurável. O que realmente chama atenção por aqui é a lista de especificações.

Em página já removida, a Colorful basicamente confirmou a existência da GeForce RTX 4070 Ti (Imagem: Colorful)
Em página já removida, a Colorful basicamente confirmou a existência da GeForce RTX 4070 Ti (Imagem: Colorful)

As informações da AIB indicam que a RTX 4070 Ti deve chegar trazendo chip AD104, clock base de 2.310 MHz e consumo máximo (TGP) de 285 W. Fora isso, o componente contaria com 12 GB de VRAM GDDR6X, com velocidade de 21 Gbps e interface de 192-bit, proporcionando largura de banda de 504 GB/s. Para alimentação, a placa adotaria o conector PCIe 5.0 de 16 pinos, devendo assim contar com um adaptador para conectores de 8 pinos na caixa.

Detalhes mais técnicos, como a contagem de núcleos CUDA, não foram especificados, mas os dados apresentados reforçam que a RTX 4070 Ti é basicamente uma versão renomeada da RTX 4080 12 GB, "deslançada" diante das críticas de usuários e da mídia especializada. A estratégia já era esperada: o fato de utilizar o termo "deslançada", em vez de cancelada, indicava que a Nvidia pretendia trazer o modelo de volta, especialmente por contar com um grande estoque de GPUs fabricadas.

A ficha apresentada pela Colorful reforça que a RTX 4070 Ti será uma versão reposicionada da polêmica RTX 4080 de 12 GB (Imagem: Colorful)
A ficha apresentada pela Colorful reforça que a RTX 4070 Ti será uma versão reposicionada da polêmica RTX 4080 de 12 GB (Imagem: Colorful)

Informantes de bom histórico também haviam indicado esse movimento, citando como a gigante estava trabalhando com as AIBs para preparar novas caixas. O que ainda não está claro é como esse reposicionamento irá afetar o preço. A RTX 4080 de 12 GB foi apresentada custando US$ 899 (~R$ 4.700), sendo duramente criticada pela distância gritante de desempenho em comparação à RTX 4080 de 16 GB (hoje apenas RTX 4080).

Dito isso, diferente do período de anúncio original, há ainda mais pressão sobre a RTX 4070 Ti com a chegada das rivais Radeon RX 7000, em especial da RX 7900 XT. Também vendida por US$ 899, a GPU da AMD promete desempenho bastante próximo ao da RTX 4080, o que deve forçar a Nvidia a baixar o preço de maneira significativa. Não falta muito agora para sabermos qual será a estratégia do time verde — a "nova" placa de vídeo deve ser apresentada na primeira semana de janeiro, durante apresentação da marca na CES 2023.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: