Mercado abrirá em 1 h 29 min
  • BOVESPA

    111.399,91
    +2.506,91 (+2,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.895,63
    +1.116,73 (+2,67%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,44
    -0,11 (-0,25%)
     
  • OURO

    1.829,20
    +10,30 (+0,57%)
     
  • BTC-USD

    19.090,32
    -81,42 (-0,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    374,39
    -5,47 (-1,44%)
     
  • S&P500

    3.662,45
    +40,82 (+1,13%)
     
  • DOW JONES

    29.823,92
    +185,32 (+0,63%)
     
  • FTSE

    6.397,98
    +13,25 (+0,21%)
     
  • HANG SENG

    26.532,58
    -35,10 (-0,13%)
     
  • NIKKEI

    26.800,98
    +13,44 (+0,05%)
     
  • NASDAQ

    12.435,75
    -16,50 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3017
    -0,0053 (-0,08%)
     

Colheita de trigo na Argentina estimada em 16,7 mi t, menor em 5 anos, diz bolsa

·1 minuto de leitura
Colheita de trigo em plantçaõ em General Belgrano, na Argentina
Colheita de trigo em plantçaõ em General Belgrano, na Argentina

BUENOS AIRES (Reuters) - A colheita de trigo da Argentina foi estimada em 16,7 milhões de toneladas, um pouco abaixo da estimativa anterior de 17 milhões de toneladas, devido a uma seca prolongada, disse a Bolsa de Grãos de Rosário (BCR).

A estimativa sugere que a produção de trigo na Argentina, um grande exportador global, será a menor em cinco anos, informou a bolsa na noite de quarta-feira.

Uma seca desde meados deste ano causou fortes perdas em plantações de trigo em grandes partes do coração agrícola da Argentina.

A produção na província de Córdoba estava em um estado de "desastre" que ainda pode piorar, disse a BCR em seu relatório de safra mensal, acrescentando que a província pode registrar sua pior safra de grãos em 20 anos.

Na safra 2020/21, foram semeados 6,5 milhões de hectares, mas 600.000 hectares desse total foram descartados devido ao clima adverso, disse a bolsa.

A BCR disse que a escassez de água "continua apesar das chuvas recentes" e que o déficit de chuva em grande parte da província de Córdoba e Santa Fé é de 80 a 140 milímetros.

A província de Buenos Aires, o principal distrito de trigo do país, poderia produzir rendimentos recordes depois de escapar da seca.

Já o ciclo de plantio de soja e milho 2020/21 foi impulsionado por chuvas recentes e pelo clima mais úmido previsto para este fim de semana, que deve continuar a estimular a semeadura, disse a bolsa.

A BCR estimou uma safra de 50 milhões de toneladas de soja e 48 milhões de toneladas de milho.

(Por Maximilian Heath)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7519)) REUTERS LC