Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.579,83
    -330,14 (-0,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Coletivo 'Fiel LGBT' repudia Avelar por declaração e faz pressão por rescisão do jogador com Corinthians

·2 minuto de leitura


O coletivo 'Fiel LGBT', que luta contra qualquer tipo de preconceito, repudiou a fala racista de Danilo Avelar, e pediu que o Corinthians rescinda com o jogador, mesmo após ele ter admitido que cometeu um erro e pedido desculpas. O caso aconteceu em uma partida de CS:GO e repercutiu negativamente nas redes.

+ Confira a tabela do Brasileirão!

- Não existe desculpas, e espero que. Corinthians tome as medidas necessárias, rescisão de contrato. Não adianta fazer post bonitinho e na hora do "vamo vê", não fazer nada - postou o Coletivo, nas redes sociais, copiando o longo pedido de desculpas feito pelo zagueiro.

O 'Fiel LGBT' ainda ironizou uma postagem do Corinthians do inicio do mês onde o clube dizia lutar contra o racismo. O Coletivo afirmou que havia chegado a hora de colocar o discurso em prática e mais uma vez pediu a rescisão do contrato com o jogador.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Entenda o caso:
Em meio a uma partida de Counter-Strike: Global Offensive, o perfil (D.A35), que pertence a Avelar, fez o seguinte comentário: "Fih (filho) de uma rapariga preta", o que automaticamente foi printado e espalhado nas redes sociais.

O Corinthians, diante da repercussão do caso, utilizou seu perfil no Twitter para se manifestar sobre a situação e se comprometeu a apurar o episódio. Em seguida foi a vez de o jogador se posicionar em nota oficial por meio de seu perfil no Twitter. Ele assumiu o erro e admitiu que usou expressão racista para xingar um usuário estrangeiro, mas que isso não condiz com seu caráter.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos