Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.264,96
    +859,61 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,51
    -0,15 (-0,20%)
     
  • OURO

    1.783,50
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    31.702,73
    -3.957,96 (-11,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    762,93
    -87,41 (-10,28%)
     
  • S&P500

    4.224,79
    +58,34 (+1,40%)
     
  • DOW JONES

    33.876,97
    +586,89 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.062,29
    +44,82 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    28.489,00
    -312,27 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.010,93
    -953,15 (-3,29%)
     
  • NASDAQ

    14.137,50
    +102,50 (+0,73%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9822
    -0,0539 (-0,89%)
     

Colômbia registra o maior aumento de casos de covid na América do Sul, diz Opas

·2 minuto de leitura
Paciente com covid-19 na UTI de Bogotá, Colômbia

A Colômbia registrou o maior aumento de casos de covid-19 da América do Sul na última semana, informou nesta quarta-feira (2) a Organização Pan-americana da Saúde (Opas).

A diretora da Opas, Carissa Etienne, destacou a situação na Colômbia ao apontar para um aumento das infecções de coronavírus nos últimos dias em quase todas as subregiões do continente americano, exceto na América do Norte.

"A Colômbia registra a maior taxa de infecções da América do Sul", disse Etienne durante coletiva de imprensa.

Segundo dados da Opas, em 1º de junho, a Colômbia registrava um acumulado de mais de 3,4 milhões de contágios e mais de 88.700 mortes atribuídas à covid-19 desde o início da pandemia, em março de 2020.

Em relação à semana anterior, os contágios cresceram 33% no país, e as mortes, 5%.

Até agora, duas variantes de preocupação para a Organização Mundial da Saúde (OMS) foram detectadas em território colombiano: a Alfa e a Gama (identificadas respectivamente pela primeira vez no Reino Unido, em dezembro de 2020, e no Brasil, em janeiro de 2021).

Sacudida desde o fim de abril por protestos de rua maciços contra o governo de Iván Duque, a Colômbia bateu o recorde de mortes por covid registradas em um dia, com 540 óbitos, segundo o ministério da Saúde.

O país de 50 milhões de habitantes detectou o primeiro caso de covid-19 em 6 de março de 2020 e decretou um confinamento entre o fim deste mês e setembro.

Duque relaxou as medidas de contenção diante do impacto negativo na economia, mas manteve o uso generalizado das máscaras, assim como a proibição de eventos maciços.

A vacinação começou em meados de fevereiro no país, mas avança lentamente, com 10,4 milhões de doses aplicadas. O governo espera imunizar até o fim do ano 35,7 milhões de colombianos para alcançar a imunidade de rebanho.

ad/mps/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos