Mercado abrirá em 1 h 8 min
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,92
    +1,66 (+2,51%)
     
  • OURO

    1.781,40
    -2,50 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    47.640,12
    -1.700,93 (-3,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.216,44
    -225,32 (-15,63%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.168,79
    +46,47 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    23.349,38
    -417,31 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    27.927,37
    -102,20 (-0,36%)
     
  • NASDAQ

    15.620,00
    -97,75 (-0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3739
    -0,0214 (-0,33%)
     

Colômbia manifesta interesse em renovar frota de aviões militares da Embraer, diz Bolsonaro

·1 min de leitura

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira (19) que o líder colombiano, Iván Duque, manifestou interesse em renovar a frota de aviões militares de seu país com aeronaves da Embraer. Bolsonaro e Duque tiveram uma reunião nesta terça no Palácio do Planalto, durante visita oficial do colombiano ao Brasil.

"Também uma questão muito importante, a cooperação fronteiriça e de segurança. As Farc [Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia] obviamente nos preocupam, e não apenas na Colômbia. Temos um bom relacionamento, também somado isso, na questão da defesa, onde o senhor presidente [Duque] manifestou interesse em renovar a sua frota de aviões de treinamento, em especial da família dos Super Tucanos", declarou Bolsonaro.

Duque, por sua vez, não fez referência em sua fala sobre interesse de compra de novas aeronaves da Embraer.

De acordo com interlocutores, a delegação colombiana apresentou na reunião disposição de iniciar conversas sobre a aquisição de novos aviões da Embraer, não apenas Super Tucanos. As aeronaves são consideradas pelos colombianos equipamentos adaptados às suas necessidades.

Em seu discurso, o presidente colombiano destacou a cooperação do país com o Brasil na área de defesa, "onde estamos enfrentando ameaças de crime transnacional com todas as nossas capacidades".

Mais tarde, em declarações a um grupo de jornalistas colombianos que acompanharam a visita, Duque destacou que os dois governos assinaram um acordo de cooperação na área de aeronáutica e que espera que empresas de seu país sejam incluídas nas cadeias de produção de peças de aeronaves.

"Também quero destacar que se abre um caminho para que a Colômbia entre na cadeia para ser fornecedora de peças de aeronaves. É um processo que está sendo construído com Embraer para que empresas colombianas possam estar nessa cadeia", disse Duque.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos