Mercado abrirá em 3 h 12 min
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,47
    +0,56 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.861,80
    -17,80 (-0,95%)
     
  • BTC-USD

    39.634,36
    +4.055,48 (+11,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    903,25
    -38,56 (-4,09%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.162,22
    +28,16 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.027,75
    +33,50 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1908
    -0,0018 (-0,03%)
     

Coinbase cumpre promessa e lista Dogecoin (DOGE)

·2 minuto de leitura
Coinbase cumpre promessa e lista Dogecoin (DOGE)

A Coinbase, maior exchange de criptomoedas dos Estados Unidos, anunciou a listagem de Dogecoin (DOGE) nesta terça-feira (1).

A exchange começa desde já a aceitar depósitos de DOGE via Coinbase Pro. No entanto, os livros de negociações serão abertos apenas na próxima quinta-feira (3), às 13h no horário de Brasília. A corretora americana que estreou na bolsa, vale lembrar, não atua diretamente no mercado brasileiro e não aceita reais.

No entanto, o movimento é importante porque a plataforma da exchange voltada para traders normalmente dá pistas do apetite institucional por criptomoedas. Geralmente, quando o preço do Bitcoin sobe demais na corretora, entende-se que institucionais estão comprando.

Para usar o Pro é preciso ter uma conta especial. Por ora, não há previsão de lançamento da Dogecoin na Coinbase.com e no aplicativo para celular.

Segundo a Coinbase, assim que a oferta de DOGE for suficientemente grande na na plataforma, a exchange irá liberar novos livros dos pares DOGE-USD, DOGE-BTC, DOGE-EUR, DOGE-GBP e DOGE-USDT.

Segundo a corretora, a listagem da DOGE era uma das mais pedidas entre usuários da plataforma. O anúncio inicial havia sido feito pelo CEO da Coinbase, Brian Armstrong, no dia 13 de maio. Na ocasião, ele disse que a empresa estaria pensando em maneiras de “acelerar a integração de novos ativos, incluindo Dogecoin”.

Na época, a criptomoeda meme disparou mais de 42% nas 24 horas seguintes ao anúncio, de cerca de US$ 0,40 para aproximadamente US$ 0,57. Desde então, a moeda se desvalorizou fortemente acompanhando a correção dos mercados e nunca mais voltou ao patamar anterior.

No fechamento da matéria, a criptomoeda era negociada na casa dos US$ 0,33, em alta discreta de 2,7% no dia, segundo dados do Coingecko.

O artigo Coinbase cumpre promessa e lista Dogecoin (DOGE) foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.