Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.031,98
    +267,72 (+0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.638,36
    -215,01 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,47
    -0,94 (-1,05%)
     
  • OURO

    1.794,00
    -4,10 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    24.036,21
    -217,44 (-0,90%)
     
  • CMC Crypto 200

    570,81
    -19,95 (-3,38%)
     
  • S&P500

    4.297,14
    +16,99 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    33.912,44
    +151,39 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.509,15
    +8,26 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.829,36
    -42,42 (-0,15%)
     
  • NASDAQ

    13.668,25
    -13,00 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1785
    0,0000 (0,00%)
     

Coinbase corta incentivos a novos clientes e perde confiança do mercado

Bandeira da Coinbase ao lado da NYSE.
Bandeira da Coinbase ao lado da NYSE.

Após demitir mais de 1.000 empregados em junho, a Coinbase estabeleceu novas mudanças em sua estratégia de negócios. Segundo informações da Insider, a corretora pausou o seu programa de afiliados recentemente.

Com isso, alguns membros da comunidade de criptomoedas sugeriram que a Coinbase possa estar insolvente. Para justificar seu pensamento, um deles escreve que cortar um incentivo de 5 dólares é uma grande bandeira vermelha, bem como questiona qual é a estimativa da receita média que tal cliente poderia gerar ao longo dos anos.

Na contramão, a Binance zerou as taxas de negociação para alguns pares neste mês. Como resultado deste e de outros pontos, a Binance passou sua rival no número de bitcoins em custódia pela primeira vez.

Após demitir funcionários, Coinbase encerra programa de afiliados

Com suas ações 83% abaixo do preço de seu IPO, realizado em abril de 2021, a Coinbase não parece estar lidando bem com o bear market das criptomoedas. Após demitir mais de 1.000 funcionários no mês passado, agora a exchange também pausou seu programa de afiliados.

“Lamentamos informar que a Coinbase encerrará temporariamente seu Programa de Afiliados nos Estados Unidos com uma data efetiva de terça-feira, 19 de julho,” aponta um e-mail vazado pela Insider. “Esta não foi uma decisão fácil, nem foi tomada de ânimo leve, mas, devido às condições do mercado de criptomoedas e às perspectivas para o restante de 2022, a Coinbase não pode continuar apoiando o tráfego incentivado em sua plataforma”.

Conforme diversas empresas declararam falência nos últimos meses devido a problemas de liquidez, alguns usuários apontaram que tal medida da Coinbase é uma grande bandeira vermelha

“A Coinbase acabou de encerrar todo o seu programa de afiliados. Esta é uma grande bandeira vermelha. Temo que uma crise de liquidez esteja no horizonte,” escreve Nate O’Brien que possui um canal com mais de 1 milhão de inscritos. “Sim, isso pode ser simplesmente resultado de esforços de corte de custos. Mas eles não estão dispostos a pagar US$ 5 por um novo usuário? Parece estranho desligar completamente o programa. Qual é o seu LTV de um usuário?”

Embora seja difícil acreditar que uma exchange listada na bolsa esteja insolvente, vale lembrar que a Coinbase emitiu um comunicado chocante em maio, afirmando que as criptomoedas de seus clientes serão suas em caso de falência.

A crise está chegando

A postura de cortes de gastos da Coinbase lembra a fábula do vendedor de cachorro-quente e a crise, um texto que viralizou há alguns anos.

Para resumir esta história, o vendedor de cachorro-quente cresceu seu negócio rapidamente por sempre estar melhorando a qualidade de seus produtos e serviços, dominando ainda mais o mercado com o passar do tempo.

Com parte dos lucros, enviou seu filho à faculdade para estudar economia. Após formado, o filho alertou seu pai de que uma crise estava chegando e, por ter um diploma, o convenceu a cortar gastos, diminuindo a qualidade de seus produtos. Contudo, tal mudança (e não uma crise real) foi o que espantou grande parte de seus clientes, levando seu negócio a falência.

Binance contratando e zerando taxas

Já a maior rival da Coinbase, a Binance, chegou a zombar dos concorrentes que estavam demitindo funcionários após torrarem milhões em anúncios no Super Bowl. Além disso, recentemente zerou as taxas de negociação para alguns pares, chamando a atenção até mesmo do lendário trader John Bollinger.

Talvez por esta diferença de postura, a Binance ultrapassou a Coinbase pela primeira vez no número de bitcoins em custódia. Segundo dados da Glassnode, compartilhado por um assinante, tal mudança ocorreu no meio deste último mercado de baixa.

“A virada: Binance supera a Coinbase, tendo a maior quantidade de BTC que qualquer outra exchange.”

Por fim, é possível que a Coinbase seja o vendedor de cachorro-quente que, com medo de uma crise, acabou criando a sua própria, abrindo ainda mais mercado para seus concorrentes.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos