Mercado fechado

Cogna precifica R$11 por ação e levanta R$ 2,5 bilhões em follow-on

Poliana Santos
Cogna precifica R$11 por ação e levanta R$ 2,5 bilhões em follow-on

A Cogna Educação (COGN3), ex-Kronton, precificou as ações em R$ 11 cada e arrecadou R$ 2,5 bilhões com a oferta secundária (follow-on). Trata-se da maior oferta no setor de educação no Brasil.

A empresa informou que utilizará os recursos levantados por meio do follow-on para adquirir grupos de ensino superior. Além disso, o montante será destinado para a otimização de estrutura e de capital da Cogna.

Segundo o fato relevante, as seguintes instituições financeiras foram responsáveis por coordenar a oferta:

Ao todo, foram negociadas 172,1 milhões de ações ordinárias em lote primário e o lote adicional de 35%, ou seja, 60,2 milhões de papéis.

A Cogna se prepara para abrir o capital (IPO) de uma de suas unidades, a Vasta Educação, plataforma digital, nos Estados Unidos. Segundo o veículo jornalístico, "Brazil Journal", a empresa espera uma avaliação de ate R$ 8 bilhões.

Cogna confirma IPO da Vasta nos EUA

A Cogna confirmou, em novembro do ano passado, que avalia realizar o IPO da Vasta Educação nos Estados Unidos.

Veja Também: Cogna informa aumento no valor de ACV da Vasta para R$ 716 milhões em 2020

A subsidiária da empresa presta serviços para escolas e é dona dos sistemas de ensino Anglo e das editoras Saraiva, Ática e Scipione. O IPO realizado no primeiro trimestre deste ano na Nasdaq, o que levantaria cerca de R$ 1,5 bilhão.

A Cogna informou que contratou assessores financeiros para assessorá-la em todo o processo para a oferta. “Estão sendo realizados, ainda, atos preparatórios para a reorganização societária que pretende segregar os negócios para uma única holding controlada pela companhia. Tal holding será o veículo da oferta”, informa o comunicado da empresa.