Mercado fechado

Cogna informa aumento no valor de ACV da Vasta para R$ 716 milhões em 2020

Juliano Passaro
Cogna informa aumento no valor de ACV da Vasta para R$ 716 milhões em 2020

A Cogna (COGN3) comunicou, nesta quinta-feira (23), que houve uma alta para o ciclo comercial de 2020 no valor de contrato anual (ACV) de serviços e produtos da marca Vasta, que é sua divisão de ensino básico. Dessa forma, o ACV passou de R$ 686,8 milhões para R$ 716 milhões.

O avanço em comparação ao montante registrado no ciclo comercial do ano passado passou a ser de 25%, ao invés dos 20% anteriores.

O ACV é uma métrica que configura o ganho anual por aluno estimado para um certo ciclo comercial. Na Cogna, este ciclo é contabilizado de outubro de um ano a setembro do ano posterior.

Em novembro, a empresa chegou a avisar que o valor final do ACV da Vasta poderia aumentar. A Cogna, entretanto, salienta que o ACV não configura uma estimativa de ganhos de faturamento de 2020 para a Vasta.

Resultado do 3T19 da Cogna

A Cogna, controladora da Kroton, registrou uma queda de 94% em seu lucro líquido no terceiro trimestre de 2019. No balanço trimestral, divulgado em novembro do ano passado, a empresa apresentou lucro líquido de R$ 20,01 milhões, frente a R$ 338,23 milhões na comparação anualizada.

A holding da Kroton explica que o recuo ocorreu em decorrência do aumento das despesas financeiros com a dívida contraída para a aquisição da Somos e por um resultado operacional menor.

Veja também: Oi vende participação na Unitel por US$ 1 bilhão, diz jornal

A receita da Cogna foi elevada em 21%, chegando a R$ 1,51 bilhão. Entretanto, os custos também aumentaram. Dessa forma, a Margem Bruta caiu de 55,54%, no terceiro trimestre de 2018, para 55,36% em 2019.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Cogna foi de R$ 511,51 milhões, uma queda de 10,5% na comparação com o mesmo período de 2018, quando chegou a R$ 571,21 milhões. A Margem Ebitda, seguindo a queda dos demais indicadores, recuou 12 p.p. a 33,7%.