Mercado fechará em 2 h 41 min
  • BOVESPA

    125.656,20
    +1.044,17 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.175,27
    +264,74 (+0,52%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,42
    +0,77 (+1,07%)
     
  • OURO

    1.801,30
    +1,50 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    40.172,59
    +2.419,33 (+6,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    942,02
    +12,09 (+1,30%)
     
  • S&P500

    4.393,68
    -7,78 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.936,92
    -121,60 (-0,35%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.986,50
    +38,75 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1142
    +0,0058 (+0,09%)
     

Cofundador do Facebook, Eduardo Saverin se torna brasileiro mais rico do mundo

·1 minuto de leitura

O título de brasileiro mais rico do mundo acaba de mudar de mãos: segundo o ranking mundial da Forbes, ele agora pertence a Eduardo Saverin, cofundador do Facebook. O executivo ultrapassou o empresário Jorge Paulo Lemann e figura na 95ª posição da lista.

Aos 39 anos, Saverin tem fortuna estimada em US$ 19,4 bilhões (cerca de R$ 100 bilhões) enquanto o patrimônio de Lemann, de 81 anos, é de aproximadamente US$ 19 bilhões (pouco mais de R$ 98 bilhões). Lemann agora é o segundo brasileiro mais rico e ocupa a 98ª posição.

Saverin nasceu em São Paulo, em 1982. No início da década de 1990, mudou-se para os EUA. Em 2012, renunciou à cidadania americana e se estabeleceu em Singapura, onde mora atualmente. Não é a primeira vez que ele entra no ranking de mais ricos da Forbes: em 2020, ocupou a 4ª posição no país asiático.

O brasileiro fundou o Facebook em 2004 com Mark Zuckerberg e outros três colegas. Eles estudavam na Universidade de Harvard. Saverin ficou famoso quando acionou o Facebook na Justiça e fez um acordo milionário com Zuckerberg. A maior parte de sua fortuna provém da participação na rede social.

Depois da conclusão da ação, ele entrou no mercado de investimentos. Em 2016, lançou o fundo de risco B Capital, ao lado do economista Raj Ganguly. O objetivo da empresa é intermediar o contato entre o mundo corporativo e startups em estágio inicial com soluções para serviços financeiros, assistência médica, transporte e bens industriais, entre outros.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos