Mercado fechado

Cofundador da Uber deu festa em meio à pandemia de COVID-19, diz revista

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Travis Kalanick, cofundador e ex-CEO da Uber. (Foto: REUTERS/Mike Theiler)
Travis Kalanick, cofundador e ex-CEO da Uber. (Foto: REUTERS/Mike Theiler)

Um repórter da revista Vanity Fair afirma que o cofundador e ex-CEO da Uber, Travis Kalanick, promoveu uma festa em sua casa de Los Angeles, semanas atrás, mesmo com a região enfrentando um aumento no número de casos de COVID-19.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Autoridades sanitárias insistem na importância de pessoas evitarem aglomerações que facilitem o espalhamento do vírus, e mesmo com regras impostas por autoridades locais, nem sempre essas regras são cumpridas.

Leia também

Kalanick foi afastado da direção da Uber em 2017, sob acusações de assédio sexual, e de promover uma cultura corporativa tóxica dentro da empresa, que envolvia muitas festas e álcool.

Segundo a Vanity Fair, essa última festa teria sido “menor” e realizada no lado externo da casa do cofundador da Uber – o que não elimina o problema da possibilidade de contágio.

Kalanick não se pronunciou publicamente sobre o assunto desde que os relatos vieram à tona.

Atualmente, ele segue trabalhando como empreendedor, e tem pelo menos duas iniciativas, todas em ramos semelhantes aos da Uber: uma focado na geração de empregos, e outra de compartilhamento de cozinhas para restaurantes focados em delivery.

As informações são dos Business Insider.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube