Mercado fechará em 2 h 38 min
  • BOVESPA

    111.447,19
    -2.347,09 (-2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.579,73
    -612,60 (-1,17%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,93
    -0,68 (-0,94%)
     
  • OURO

    1.752,10
    -4,60 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    47.543,44
    -443,09 (-0,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.206,52
    -19,02 (-1,55%)
     
  • S&P500

    4.436,46
    -37,29 (-0,83%)
     
  • DOW JONES

    34.561,96
    -189,36 (-0,54%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.530,00
    +12,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2005
    +0,0157 (+0,25%)
     

Cofundador da Apple está criando sua própria empresa espacial privada

·2 minuto de leitura

Steve Wozniak, cofundador da Apple, ao lado de Alex Fielding, fundador da Ripcord, estão lançando a empresa Privateer Space, que irá atuar no setor espacial. Se a descrição do negócio parece vaga, é porque a novidade foi anunciada em um tuíte enigmático de Wozniak, que trazia apenas um vídeo e uma mensagem que dizia que uma nova empresa espacial estava começando — e que “será diferente das outras”.

A publicação misteriosa foi feita neste domingo (12) e inclui um vídeo que ressalta a importância do trabalho em equipe para solucionar os problemas do mundo, um direcionamento diferente do que o nome Privateer ("corsário", em inglês) sugere. A narração no vídeo da publicação destacou que não se trata de uma corrida, competição ou de um jogo, e que “não somos uma pessoa, uma empresa, uma nação; somos um planeta”, em meio a imagens de voos espaciais e de eventos causados pelas mudanças climáticas.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Segundo a descrição do vídeo, a Privateer Space está trabalhando para manter o espaço seguro e acessível a toda a humanidade. Enquanto novos detalhes não são anunciados, o máximo que podemos fazer no momento é especular sobre a atuação do negócio. Por exemplo, como Wozniak já deu apoio a iniciativas variadas, como ambientais e de softwares de código-aberto, faz sentido concluir que empresa dificilmente terá objetivos militares.

Felizmente, o mistério não irá durar muito tempo, já que novas informações sobre os planos da Privateer Space serão reveladas a um público privado, participante do Advanced Maui Optical and Space Surveillance Technologies (AMOS), no Havaí. O evento será realizado entre os dias 14 e 17 de setembro e tem o objetivo de discutir a conscientização situacional do espaço e do domínio espacial.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos