Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.792,30
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    37.726,46
    +1.179,43 (+3,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

Coca-Cola vai transformar refresco popular em bebida alcoólica

·1 min de leitura
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • A Coca-Cola está entrando na onda dos coquetéis em lata com nova versão do refrigerante Fresca;

  • A nova bebida será a segunda não-alcoólica da Coca a ganhar uma versão alcoolizada;

  • A companhia ainda não divulgou imagens e informações nutricionais da Fresca Mixed.

Coquetéis em lata são um sucesso no mundo. Com a intenção de não ficar para trás, a Coca-Cola está entrando no setor com uma versão alcoólica do refrigerante Fresca.

Em conjunto com a cervejaria Corona Constellation Brands, a companhia do refrigerante mais vendido do mundo vai lançar o Fresca Mixed, coquetel à base de aguardente, ainda este ano.

Desse modo, a Fresca se tornará a segunda bebida não-acoólica de propriedade da marca Coca a ter uma versão alcoolizada. A primeira foi a hard seltzer Topo Chico, em 2020.

Leia também:

Contudo, a companhia não divulgou imagens e informações nutricionais da Fresca Mixed. A duas empresas afirmam que o produto está sendo lançado graças à popularidade crescente do refresco.

Com 64 anos de existência, a bebida é considerada a ideal para misturas e não tem calorias e nem açúcar. Segundo as companhias, os sabores do novo coquetel serão inspirados em receitas elaboradas por fãs do mundo todo.

A venda de coquetéis em lata cresceu como efeito da comodidade e também pelos novos sabores, que fogem da tradição da cerveja e do vinho.

Segundo dados da IWSR Drinks Analys, em 2021, o setor de bebidas aumentou 53%, e nos próximos três anos deve crescer mais 29%.

Pesquisa da Constellation afirma também que bebidas alternativas para adultos têm uma fatia de US$ 8 bilhões no mercado e crescerá mais.

Enquanto isso, a PepsiCo, rival da Coca, divulgou que também entrará no setor de bebidas alcoólicas com a “HARD MTN DEW”, bebida em lata sem açúcar que contém 5% de álcool por volume e é elaborada em conjunto com a Boston Beer Company.

As informações são CNN Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos