Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +997,93 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,23 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.095,08
    +116,78 (+0,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,88 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,20 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4979
    +0,0325 (+0,59%)
     

Coca-Cola vai ter que explicar ao Procon Del Valle Fresh com 1% de suco

Pedido do Procon-RJ inclui cópia dos materiais publicitários utilizados para divulgação das bebidas. (Divulgação/Del Valle Fresh)
Pedido do Procon-RJ inclui cópia dos materiais publicitários utilizados para divulgação das bebidas. (Divulgação/Del Valle Fresh)
  • Procon-RJ, pediu à Coca-Cola informação sobre a linha completa de produtos Del Valle;

  • Mesmo produto já foi proibido de ser distribuído no DF;

  • Empresa diz que nunca classificou o produto como suco.

A Coca-Cola vai ter que prestar esclarecimentos ao Procon-RJ sobre a linha Del Valle Fresh. O motivo do pedido do órgão é que há em destaque fruto na embalagem, mas a composição do produto conta com apenas 1% de suco, configurando propaganda enganosa.

O Procon carioca foi mais brando que o Procon-DF, que nesta semana determinou a suspensão da distribuição e da venda dos produtos da linha, até que seja feita alteração no rótulo da bebida. O órgão também determinou que seja feita contrapropaganda para esclarecer qualquer equívoco que a rotulagem ou publicidade do produto possa ter causado ao consumidor.

Já o Procon-RJ, pediu à Coca-Cola informação sobre a linha completa de produtos Del Valle, com cópia das embalagens e rótulos de cada item da tabela nutricional, atestando a composição de cada um dos ingredientes e cópia dos materiais publicitários utilizados para divulgação das bebidas.

O que diz a empresa

A Coca-Cola se defende e diz que "a ilustração no rótulo da linha Fresh da marca Del Valle reflete a matéria-prima presente na bebida". E acrescentou ainda que "em razão do seu compromisso de transparência com o consumidor, disponibiliza no respectivo rótulo todas as informações referentes à sua composição, incluindo a quantidade de suco presente no produto, em estrita observação à legislação brasileira vigente e normas regulamentadoras dos órgãos competentes da categoria".

A empresa nega que tenha classificado o produto como suco. "Os produtos da linha Fresh da marca Del Valle não são e nunca foram classificados como suco ou néctar" e garante que seguirá todas as determinações dos órgãos competentes.

Outros casos

No último mês, dois casos que foram considerados propaganda enganosa chamaram atenção dos Procons no país. As marcas Mc Donald's e Burguer King tiveram que mudar o nome de seus sanduíches após notificação do órgão de defesa do consumidor.

No primeiro caso, do Mc Donald's, foi o sanduíche de "picanha" que não tinha picanha em sua composição. No outro, foi com a rede de fast food Burger King, que foi notificada pelo Whopper Costela, sanduíche da rede que não seria feito de carne de costela suína como o nome indica.