Mercado abrirá em 5 h 4 min
  • BOVESPA

    110.611,58
    -4.590,65 (-3,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.075,41
    +732,87 (+1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,58
    -0,47 (-0,72%)
     
  • OURO

    1.693,40
    +15,40 (+0,92%)
     
  • BTC-USD

    53.785,73
    +3.461,76 (+6,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.083,15
    +58,95 (+5,76%)
     
  • S&P500

    3.821,35
    -20,59 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    31.802,44
    +306,14 (+0,97%)
     
  • FTSE

    6.719,13
    +88,61 (+1,34%)
     
  • HANG SENG

    28.601,82
    +60,99 (+0,21%)
     
  • NIKKEI

    29.027,94
    +284,69 (+0,99%)
     
  • NASDAQ

    12.437,00
    +139,75 (+1,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9831
    +0,0233 (+0,33%)
     

Coca-Cola planeja vender fatia em engarrafadora na África do Sul

Loni Prinsloo e Antony Sguazzin
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Coca-Cola planeja vender uma participação em sua engarrafadora na África do Sul para investidores locais não brancos em negócio avaliado em cerca de 10 bilhões de rands (US$ 669 milhões), sob um acordo com reguladores no país, segundo pessoas a par do assunto.

A medida ajuda a gigante das bebidas dos EUA a cumprir as políticas da África do Sul que preveem participações mínimas em empresas para negros e grupos minoritários que enfrentaram discriminação econômica sob o regime do apartheid, disseram as pessoas. O negócio foi uma condição para a compra pela Coca-Cola em 2016 da fatia na engarrafadora que pertencia à SABMiller, agora parte da cervejaria Anheuser-Busch InBev, segundo as fontes.

A participação controlada por negros na Coca-Cola Beverages South Africa será elevada para uma meta revisada de 20%, disse a empresa em comunicado na sexta-feira, sem dar detalhes sobre o valor do negócio. Os funcionários controlarão uma participação de 15%.

A Rothschild & Co assessora o acordo, disseram as pessoas.

A Coca-Cola Beverages Africa, mais ampla, tem sede na cidade costeira de Port Elizabeth e atende a 12 países, incluindo Quênia, Etiópia e Gana, de acordo com o site. A filial responde por cerca de 40% das bebidas vendidas no continente pela empresa com sede em Atlanta.

O valor de todo o negócio é de cerca de 45 bilhões de rands, disseram as pessoas, o que significa que os novos investidores estão recebendo um preço com desconto. O acordo ajudará a beneficiar funcionários e outros parceiros, bem como investidores não brancos, disseram, embora a estrutura exata ainda não esteja clara.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.