Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    45.289,97
    -1.617,66 (-3,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Cobra Kai: Card Fighter leva a rivalidade para o Android em game com cartas

Ramon de Souza
·1 minuto de leitura

Não pôde se divertir com Cobra Kai: The Karate Kid Saga Continues, jogo inspirado no seriado homônimo que foi lançado no fim de 2020 para consoles de mesa? Sem problemas. A Boss Team Games anunciou, nesta quinta-feira (4), a obra Cobra Kai: Card Fighter, uma obra específica para dispositivos móveis que será lançada para Android no dia 19 de março. Você já pode fazer o pré-registro na Play Store para ser notificado no lançamento.

Diferente do título para consoles, que é um beat ‘em-up de progressão lateral, Card Fighter é — como seu nome sugere — um jogo de batalha de cartas, bem ao estilo Hearthstone. Você escolhe qual dojo pretende representar (Cobra Kai ou Miyagi-Do Karate) e monta seu deck colecionando cartas referentes a golpes e power-ups. Todos os personagens do seriado, naturalmente, devem aparecer como cartas raras.

Card Fighter será free-to-play, o que significa que você poderá baixá-lo de graça; anotações da Play Store, porém, já deixam claro que o título contará com compras in-app e é difícil estimar o quanto você precisará desembolsar para ter vantagem nos campeonatos online contra outros internautas. O medo aqui é que o jogo adote o famoso formato “pay-to-win” — ou seja, vence mais quem investe mais.

Aliás, é interessante notar que a Gamaga, estúdio responsável pelo desenvolvimento da novidade, possui experiência com joguinhos um tanto diferentes da proposta de Cobra Kai: Card Fighter, o que aumenta as preocupações a respeito da qualidade da obra. De qualquer forma, resta aguardar até o dia 19 de março para brincar com o game — por enquanto, não foi confirmado que haverá uma versão para o sistema iOS.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: