Mercado abrirá em 3 h 38 min
  • BOVESPA

    109.786,30
    +2.407,38 (+2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.736,48
    +469,28 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,49
    +0,58 (+1,29%)
     
  • OURO

    1.809,10
    +4,50 (+0,25%)
     
  • BTC-USD

    19.028,38
    +174,40 (+0,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    377,19
    +7,44 (+2,01%)
     
  • S&P500

    3.635,41
    +57,82 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.046,24
    +454,97 (+1,54%)
     
  • FTSE

    6.459,43
    +27,26 (+0,42%)
     
  • HANG SENG

    26.637,75
    +49,55 (+0,19%)
     
  • NIKKEI

    26.296,86
    +131,27 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    12.114,00
    +38,00 (+0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4144
    +0,0175 (+0,27%)
     

Cobra é encontrada dentro de clube na zona leste de São Paulo

PATRÍCIA PASQUINI
·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma cobra foi encontrada nas dependências das piscinas do Clube Atlético Juventus, na Mooca (zona leste de São Paulo). A notícia e a foto do animal foram compartilhados em grupos de WhatsApp formados por moradores e comerciantes do bairro e em outras redes sociais. O Corpo de Bombeiros confirmou à reportagem que, no sábado (24), foi acionado para recolher a cobra, que depois foi solta no Parque Ecológico do Tietê. O clube é rodeado por casas e apartamentos e não há área de mata. Do lado do estabelecimento funcionam a AMA (Assistência Médica Ambulatorial) e o Hospital Municipal Dr. Ignácio Proença de Gouvêa. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do clube para obter mais detalhes do incidente, mas não obteve resposta até a publicação deste texto. Também tentou contato pessoalmente. Um funcionário disse à reportagem apenas que o assunto gerou "uma correria no local". Uma faixa na porta do clube informa que o local está aberto apenas para caminhadas. Claudio Machado, biólogo herpetólogo do Instituto Vital Brazil e dono do canal de YouTube Papo de Cobra, viu a imagem que circulou nas redes sociais e acha que é possível que o animal não pertença à nossa fauna. Ele lembra que em São Paulo há muitas cobras. "O aparecimento de uma cobra não é para causar espanto. Há fragmentos de mata cada vez menor e elas acabam disputando o espaço conosco." De acordo com Machado, esses animais procuram esconderijo. "Costumo dizer que quatro coisas que começam com a letra A favorecem a presença das cobras: acesso, abrigo, alimento e água." O biólogo diz que a criação de animais exóticos pode ser outro problema. Sobre a cobra encontrada no Clube Atlético Juventus, o especialista disse que a destinação que o Corpo de Bombeiros deu ao animal sem saber a espécie ou obter qualquer informação o preocupa. "O certo seria levar o animal para identificação, a não ser que ele fosse extremamente comum, como é o caso da jiboia", diz. A reportagem questionou a SSP (Secretaria de Segurança Pública) de São Paulo sobre se haverá investigação a respeito da origem cobra e sobre o fato de o Corpo de Bombeiros ter soltado o animal sem antes identificar a espécie, mas não obteve respostas.