CNDL e SPC apontam recuperação de crédito no varejo

O número de cancelamento de registros, que reflete a recuperação de crédito no varejo e a quitação de dívidas, foi positivo em dezembro e apresentou alta de 1,08% sobre o mesmo mês em 2011. A informação foi divulgada nesta quarta-feira pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Em relação a novembro de 2012, a recuperação de crédito cresceu 21,50%. No acumulado do ano, o número de consumidores que saldaram dívidas atrasadas teve elevação de 0,43%.

A avaliação das duas entidades é que as pressões do governo federal sobre os bancos comerciais para que houvesse uma redução das taxas cobradas no crédito para pessoa física proporcionaram aos consumidores, no ano passado, um ambiente mais propício para que fossem regularizadas as dívidas com os credores.

Em nota, o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior, destaca que 2012 pode ser considerado positivo para o setor do comércio varejista. "Os consumidores se mostraram mais estimulados a irem às compras, principalmente, porque a maioria deles está devidamente empregada."

Carregando...