Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    34.214,76
    -1.602,19 (-4,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Clubhouse para Android chega ao Brasil amanhã (18)

·2 minuto de leitura

Se você é usuário do Android e está louco para pôr as mãos no Clubhouse, saiba que a sua espera está prestes a terminar. Por enquanto, a rede social já desembarcou nos Estados Unidos, mas a expectativa é de que esse número se multiplique até a próxima semana.

Conforme o portal TechCrunch, o app deve chegar a Brasil, Japão e Rússia no dia 18 de maio, seguido por Índia e Nigéria três dias depois e todo o restante do mundo no dia 21 de maio. Se isso se concretizar, o Clubhouse será disponibilizado a uma imensa base de usuários pouco mais de um ano e dois meses após o seu desembarque exclusivo no iOS.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Neste momento inicial, são esperadas algumas falhas e problemas de congestionamento nos servidores para Android, afinal a expansão será grande. O Clubhouse já avisou que certos recursos podem não estar disponíveis logo de início, mas que a equipe trabalhará para levá-los em breve a todos.

A startup começou a desenvolver o aplicativo para Android no início deste ano e os testes em versões beta foram liberados no começo de maio. A companhia já afirmou que o desembarque neste sistema operacional é o principal pedido de recurso recebido nos canais de comunicação.

Concorrência vem forte

A pressa no lançamento tem justificativa: quase todos os concorrentes já lançaram ou estão em fase de finalização de suas soluções alternativas ao Clubhouse. O esforço é para capturar o máximo de pessoas possível agora e evitar uma migração em massa para outros apps, afinal a quantidade de downloads do app no iOS despencou de março para cá.

O Twitter Spaces é o principal rival do Clubhouse atualmente (Imagem: Divulgação/Instagram)
O Twitter Spaces é o principal rival do Clubhouse atualmente (Imagem: Divulgação/Instagram)

O Twitter já tem o Spaces em funcionamento desde março e está expandido cada vez mais a quantidade de usuários habilitados. O Facebook tem realizado testes sucessivos para levar salas de áudio aos usuários, grupos e Instagram. O Discord também já adaptou suas falas para permitir os chats de áudio, enquanto o LinkedIn e o Slack pretendem fazer o mesmo com uma pegada mais profissional.

Correndo por fora, ainda existe o TikTok, que deve adaptar um aplicativo já existente e usar sua popularidade para atrair interessados, e o Spotify, que vai focar em um mercado de nicho (música e cultura) com o recurso dentro do próprio app. Até o Reddit, popular fórum da internet mundial, já está na onda dos bate-papos exclusivos por áudio.

Já fez o seu pré-cadastro na Google Play Store ou pretende ficar de fora da onda dos chats por voz? Deixe sua opinião no campo de comentários abaixo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos