Mercado abrirá em 7 h 17 min
  • BOVESPA

    108.714,55
    +2.418,37 (+2,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.833,80
    -55,86 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,88
    +0,12 (+0,14%)
     
  • OURO

    1.803,30
    -3,50 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    62.459,97
    +540,49 (+0,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.501,09
    +1.258,41 (+518,55%)
     
  • S&P500

    4.566,48
    +21,58 (+0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.741,15
    +64,13 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.222,82
    +18,27 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    26.028,94
    -103,09 (-0,39%)
     
  • NIKKEI

    29.135,58
    +535,17 (+1,87%)
     
  • NASDAQ

    15.574,75
    +79,00 (+0,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4296
    -0,0067 (-0,10%)
     

Clubhouse lança recurso para salas privadas de conversas

·1 minuto de leitura

Por Sheila Dang

DALLAS, Estados Unidos (Reuters) - O aplicativo de áudio Clubhouse lançou nesta quinta-feira um recurso que permite aos usuários acenarem para amigos dentro da rede social para mostrar que estão abertos a uma conversa privada, em uma ação que expandir-se além das salas públicas que podem receber milhares de ouvintes.

O Clubhouse, que tem tido recursos copiados por Facebook e Twitter depois de ser pioneiro no segmento de redes sociais de áudio, quer permitir que os usuários possam ter salas privadas de conversa, disse o presidente e co-fundador, Paul Davison.

"Muitas pessoas nos conhecem pelas salas grandes e a razão para as pessoas ficarem tanto tempo é que estão encontrando seus amigos e conhecendo novas pessoas", disse o executivo.

Os usuários do Clubhouse podem acenar ("wave", em inglês) para os amigos no aplicativo e uma sala privada de conversa por áudio é aberta quando a pessoa aceita o sinal. O usuários pode então convidar mais contatos para a mesma sala ou optarem por torná-la pública, disse o Clubhouse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos