Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.289,18
    +1.085,18 (+0,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.037,05
    -67,35 (-0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,37
    +0,02 (+0,02%)
     
  • OURO

    1.821,10
    -8,60 (-0,47%)
     
  • BTC-USD

    36.851,37
    -94,87 (-0,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    835,69
    -20,12 (-2,35%)
     
  • S&P500

    4.349,93
    -6,52 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.168,09
    -129,61 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.469,78
    +98,32 (+1,33%)
     
  • HANG SENG

    24.289,90
    +46,30 (+0,19%)
     
  • NIKKEI

    27.011,33
    -119,97 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    14.266,00
    +107,50 (+0,76%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1054
    -0,0467 (-0,76%)
     

Clones do Wordle surgem no Android e no iOS, mas é preciso tomar cuidado

·2 min de leitura

O Wordle é um game de adivinhação de palavras que é sucesso mundial nas redes sociais, mas já começou a receber clones nas lojas de aplicativos do iOS e Android. Como ele não é um aplicativo, mas, sim, um site acessado via navegador, não existe Wordle para celular. O único lugar onde as pessoas podem acessar e jogar o game é pelo site powerlanguage.co.uk/wordle.

Como tem muita gente pesquisando pelo programa na Play Store e na App Store, os criminosos podem se aproveitar disso com programas fake ou com malwares embutidos. Muitas vezes, pessoas com más intenções recriam games de sucesso que, no plano de fundo, roubam senhas, usam recursos do telefone para minerar criptomoedas ou acessam o sistema sem autorização.

Alguns clones até fingem ser jogos originais, mas outros copiam até as cores do Wordle (Imagem: Captura de tela/Canaltech)
Alguns clones até fingem ser jogos originais, mas outros copiam até as cores do Wordle (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

O mesmo vale para a versão brasileira do Wordle: o Termo. O programa criado pelo desenvolvedor brasileiro Fernando Serboncini também só pode ser acessado pelo site oficial term.ooo. Não há planos, por enquanto, de uma versão para celulares — o Canaltech noticiará caso isso mude.

Clones populares e perigosos

A estratégia de clonar jogos em alta não chega a ser novidade no ambiente digital. Todo aplicativo que faz sucesso na web rapidamente é tomado por uma enxurrada de versões "alternativas" que buscam pegar carona no hype gerado.

Em muitos casos, os desenvolvedores apenas criam games de verdade para se aproveitar do momento, mas há outros golpes com variados formatos. Há casos em que os criadores obrigam o pagamento de assinaturas ou a compra do game. O primeiro exemplo surgiu na App Store, no qual um app se passa pelo Wordle, porém em um modelo de assinatura paga — como já foi removido, não deve fazer mais vítimas.

Essa versão pirata do Wordle foi removida da App Store, mas chegou a ser baixada por usuários do iPhone (Imagem: Reprodução/9to5Mac)
Essa versão pirata do Wordle foi removida da App Store, mas chegou a ser baixada por usuários do iPhone (Imagem: Reprodução/9to5Mac)

No Android, cuja política de inserção de apps é mais flexível, há uma enxurrada de programas similares, baixados por milhares de pessoas. Neste caso é preciso tomar ainda mais cuidado, porque nunca se sabe o que pode estar escondido atrás da fachada simplista de tais jogos.

Curiosamente, apps que existiam antes de o título fazer sucesso, como o “Worle” e “Wordle 2”, começaram a receber críticas negativas e estão com a reputação manchada por causa da confusão. Esses programas são vítimas de erros de digitação ou de mera confusão dos usuários, que acreditam se tratar de uma versão fake e avaliam mal os softwares.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos